5.29.2012

Adormecimento

Este blogue tem andado um pouco adormecido.
Mas existe uma razão para isso.
Toda a nossa zona anda adormecida.
Santiago, Sines, Grândola estão adormecidos, ou anestesiados seja a palavra mais correcta.
Tudo se faz, tudo é "autorizado".
Estes autarcas, em fim de carreira, já andam a procurar outras paragens e a desligar-se das suas funções.
É compreensível.
O que não é compreensível é o silêncio, o "deixa andar", o alheamente dos populações, de todos nós!
"Mea culpa"

19 comentários:

Anónimo disse...

O concelho que tá mais anestesiado ainda é santiago onde não se vê nada do psd nem do cds nem do bloco de esquerda, nem do zé ferro. De repente viraram todos amiguinhos do PCP e do vitinho.

Anónimo disse...

As anestesias são os subsidios miseráveis para as colectividades e os empregos mal pagos que as câmaras distribuem nos respectivos concelhos, em especial em Santiago onde uma rede de informadores bem montada vai amordaçando a população, bem ao jeito da pide ou da KGB.
Quem ousar abrir a boca contra o status quo político, sofre as consequências.

Anónimo disse...

Realmente é bocado estranho que faltando já só um ano para as eleições ainda não se saiba quais são os candidatos e listas para os concelhos da região. Provavelmente os partidos ainda estão a fazer contas e a contar espingardas. Vamos lá ver se é desta que santiago manda o comunismo às malvas, para começar uma nova era antes que estes senhores estraguem o pouco de bom que o concelho ainda tem.

Anónimo disse...

Só para que se saiba como a rapaziada que tomou conta da câmara procedem com a sua "democracia":
- A maioria comunista acabou de rejeitar mais uma proposta.

É uma atitude que não constitui qualquer surpresa pois os vereadores comunistas têm vindo a rejeitar tudo quanto é proposto por nós.

A proposta em causa visava maior transparência no procedimento de disponibilização de transporte municipal.

A divulgação ON LINE do procedimento relativo a este assunto permitia que todos compreendessem o seu desenvolvimento e a fundamentação das respostas aos pedidos, sobretudo em caso de recusa.

Permitia a comparação entre entidades em termos de pedidos acumulados quer em termos de disponibilização quer em termos de não disponibilização.

Por que será que a maioria comunista não quer que todos possam saber quem pediu transporte e, de entre esses, quem viu o seu pedido satisfeito e quem o não viu?

É que, ao rejeitar a proposta, os vereadores comunistas podem continuar a disponibilizar transporte, ou a negá-lo, a quem entenderem, como entenderem, sem que as instituições envolvidas tenham conhecimento da globalidade do processo e da justiça e equidade das decisões.

Se aliarmos este assunto ao facto de tardar a existência de um Regulamento disciplinador da atribuição de apoios financeiros na área cultural, pese embora a nossa já antiga insistência, então tudo ficará ainda mais claro.

O nosso Município precisa de uma outra postura na condução dos seus interesses. Uma postura de transparência e de clareza que jamais existirá enquanto se mantiver a atual gestão.



Santiago do Cacém, 31 de maio de 2012

Anónimo disse...

Pergunta:
Porque será que em Ermidas-Sado, no loteamento do Pomarinho, só uma habitação das que estão implantadas na rua de acesso ao mesmo, obteve licenceamento para poder colocar uma porta de acesso a essa rua, enquanto que todas as outras, que também o solicitaram, não obtiveram?
Resposta: A citada habitação pertence a um membro do Partido Comunista, e as que não puderam fazer, não.

Anónimo disse...

Estavam à espera de quê em Santiago!
Trinta e tal anos de poder, dá para dominar a belo prazer.
Agora para acabar o mandato em beleza desta actual gerencia vai-nos dar música para todos os gostos com rock-and-roll e tudo na Feira dos Cavalos!
A crise vai pagar tudo, tudo até o tal orçamento municipal deste ano que é o maior de sempre. Afinal onde é que eles vão buscar tanto dinheiro para cumprir o orçamento. Será que descobriram alguma coisa que os outros não saibam!

Anónimo disse...

A historia do Paulo Futre Chines, é um atentado à inteligencia dos santiaguenses. No ano passado a feira de gado teve a famosa Rita Pereira e restante figuras do futebol. Aqui em Santiago já temos os dois F....só falta mesmo convidarem a nossa senhora de Fátima para a feira. Estamos no rosso da pimbalhice, mas há que respeitar, ganharam com maioria, aliás como os sucessivos governos que nos teem desgovernado. Santiago merecia mais

Anónimo disse...

o Litoral Alentejano ainda sofre muito da gestão de vários mandatos da CDU, desde o 25 de Abril, e são necessários muitos anos para meter os concelhos nos eixos certos, mas penso que Santiago é atualmente o concelho que está na pior situação, embora a dívida de Sines seja enorme. O concelho de Santiago é um barco à deriva, abandonado pelo comandante que até já se radicou em Grândola o que demonstra bem o quanto esse senhor gosta do nosso concelho e das nossas gentes.

Anónimo disse...

Mas o comunistas e a sua câmara não estão adormecidos.

Por um lado é feiras e concertos, que o povo semrpe vai gostando e se distraindo.

Mas por outro é o minar o existente e criar estruturas para dar de "comer" aos seus camaradas.

Já viram que em duas semanas foram criadas duas "entidades culturais e do património", mas à sombra da CMSC e da Junta?

Durante anos não houve nada.

Há uns tempos foram, até aqui, neste blogue, sugeridos nomes que seriam bons candidados: o Dr. Falcão, o Arq. Lobo, etc. pessoas ligadas á cultura e património, que alguma coisa tem feito por aqui.

Pois não é que foram logos criar coisas para lhes fazer sombra, ocupar espaço, imitarem...

È assim a politica comunista, eliminar ameaças, de terra queimada, de dividir, de entorpecer.

è triste e lamentável e mostra que este concelho não irá longe, porque gente capaz devia afastar-se e afastar esta malta, mas não.

Anónimo disse...

A Santiagro deste ano custou 130 mil euros. Parte deste dinheiro foi também de patrocinios, mas a maior parte saiu dos cofres da câmara ou seja foi paga por todos nós. É engraçado que para festas e musica existe sempre verba na câmara, mas quando é para apoiar a construção de lares de idosos, fazer arruamentos, conservação urbana, apoiar melhor as coletividades, etc, é só tostões e subsidios miseráveis. Para a gestão comunista de Santiago, a grande prioridade é animar a malta com festas e musica mesmo que haja ruas de terra batida no concelho, e muita obra por fazer.

Anónimo disse...

O kamarada Jerónimo de Sousa disse ontem que o país está à beira do abismo. O kamarada Jerónimo de Sousa podia vir ao concelho de Santiago Cacém para ver também um concelho à beira do abismo, que por muitos ecopontos que inaugurem em Santo André não conseguem disfarçar o estado moribundo em que a gestão desta maioria comunista lançou o concelho, que no dia em que perder as eleições entrega o concelho feito em cacos.

Anónimo disse...

por onde andam pessoas como antónio braz, que depois da querela em tribunal com manuel coelho desapareceu do então excelente estação de sines?

Anónimo disse...

Oh amigo das 11,41 desculpe descordar consigo mas axo que a grande prioridade do executivo municipal de Santiago do Cacém é agradarem ao comité central do PCP para irem a mais eleições, agora sem o Proença que esse já fez a sua obrigação.

Anónimo disse...

Ja eramos para saber quem são os candidatos ao concelho de santiago cacem de todos os partidos mas está tudo de ferias, nas praias a trabalhar para o bronze. Continuem assim que estão a ajudar a CDU para mais um mandato, que vai ganhar mais umas eleições tipo passeio.

A luta continua disse...

Por a parte da CDU, o camarada e militante do PCP Beijinha vai ser o cabeça-de-lista nas eleições para a câmara, ao passe que os outros partidos demonstram mais uma vez um total desnorte e vê-se que não têm qualquer interesse pela vida das pessoas nem ajudam a resolver os seus problemas. Os eleitos da CDU estão na politica para resolver os problemas das pessoas, dos mais desfavorecidos, porque o mais importante são as pessoas, os nossos idosos, as crianças, os desempregados, e todos aqueles que têm poucos recursos fruto destas políticas capitalistas de direita que estão a deixar as câmaras à beira da ruina.

Anónimo disse...

Para mim...tanto me faz que seja o Bejinha, ou o JOLA...
Santiago morreu há 38 anos e, só um milagre poderá «ressuscitá-lo». Como eu não acredito em milagres, o melhor é continuar morto, com estes «cangalheiros» funcionários mediocres e fundamentalistas de um partido politico, também moribundo há décadas.

Anónimo disse...

Santiago morreu depois de muitos anos a definhar nas mãos dos comunistas que devido á sua imcompetência, nunca souberam tratar dele como devia ser. Finou-se aquele que era um dos concelhos mais promissores do país, onde a parte rural foi transformada numa reserva para idosos e pensionistas acabarem os seus dias a olhar para o céu e a esperar pelo último suspiro.
Podem meter o camarada bejinha que já não à mais nada para estragar.

Anónimo disse...

Quem acompanhou de perto os mandatos do vereador bejinha, sabe que a sua capacidade não dá para ir além de um modesto presidente de junta, quanto mais vereador e muito menos presidente de uma câmara como esta de santiago cacém. Mas num concelho onde até um motorista da rodoviária nacional já foi presidente de câmara, até mesmo o Jola pode ser cabeça de lista da CDU.

Anónimo disse...

Tito Paris Santo Andre