4.13.2012

Irregularidades em Grândola

Irregularidades detectadas em 18 municípios

A Inspeção-Geral da Administração Local detectou irregularidades em 18 municípios. Em causa estão promoções ilegais, sendo que os funcionários podem agora ser obrigados a devolver o dinheiro dessas promoções.
O Jornal de Negócios consultou os cinco processos que já são públicos (Grândola, Melgaço, Ferreira do Alentejo, Celorico da Beira e Gavião), e concluiu que, só nestes municípios, foram promovidos 390 trabalhadores, com um custo total de 680 mil euros.
Em Grândola, por exemplo, a IGAL considerou as promoções irregulares e enviou o processo para o Ministério Público, para que o tribunal anule os atos na origem das promoções.

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=544580&tm=8&layout=123&visual=61

fonte: RTP

1 comentário:

Anónimo disse...

É fartar vilanagem!
Estas engenharias financeiras, tipo voto, rebentam com a democracia.
Os gutosos quando provam o poder....até lhes salta a tampa.