2.20.2012

O que distingue os Concelhos do Alentejo Litoral?

Existem 5 concelhos no Alentejo Litoral: Alcácer do Sal, Grândola, Sines, Santiago do Cacém e Odemira.
Cada um com as suas especificidades, pontos fortes e pontos fracos.
Cada um tem as suas marcas identificativas.
Cada um tem potenciado valores.
Cada um tem valorizado os seus recursos, promovido as suas mais valias.
Ou não?

O que distingue cada um deles.
Que ideias nos ocorrem quando pensamos em cada um destes concelhos?
Quais as realizações que os tornam únicos?

Lançamos aqui o desafio para que cada um coloque aqui os pontos fortes de cada concelho que compôe o Alentejo Litoral!

11 comentários:

Catarina Silva disse...

Todos eles têm um potencial absolutamente fabuloso mas a meu ver estiveram demasiado tempo presos a equipas políticas sem qualquer qualidade para os poderem desenvolver. Já se nota que os concelhos que abandonaram a CDU tiveram um novo impulso e estão mais dinâmicos como se pode observar nos concelhos de Grândola e Alcácer. Odemira e Sines menos um pouco, mas a seu tempo vão lá chegar. O concelho que para mim está completamente feito em farelos neste momento é o concelho de Santiago Cacém, que por sinal é um dos que maior potencial tem entre todos os do litoral alentejano. Grande concelho, com paisagens para todos os gostos, com praias, uma bela lagoa, com plancie, com um pouco de serra, com muitos monumentos, aldeias muito interessantes e com a sua grande joia que é as ruinas de Miróbriga. O melhor castelo também está em Santiago Cacém, que ao contrário de Alcácer e de Sines, serve só para os mortos o que é um desperdicio completo. Neste momento, o meu concelho preferido na região é Grândola.

lopes disse...

Grândola: Praias, Comporta
Sines: Festival Musicas no Mundo, Porto de Sines, Praias
Alcácer do Sal: Agricultura, pinhais
Odemira: Parque Natural, Praias, Barragem de Santa Clara.
Santiago do Cacém...tanta coisa mas nada em concreto, tudo disperso e mal aproveitado

Anónimo disse...

Ó Lopes você esqueceu-se de uma coisa importantissima realizada nestes últimos tempos em Santiagua, O Parque das Caravanas junto à Piscina..... está um "must".
Já me esquecia, o Camarada Vitor conseguiu que a Rodoviária criasse uma carreira entre o Bº.da Formiga e o Bairro da Atalaia.
Temos que estar atentos as estas inaugurações, para além da cedencia ao União de parte da antiga escola primária . Este homem é um querido a dar benesses ao povo, dá tudo!

Anónimo disse...

Enquanto estiverem os comunistas em Santiago...este será sempre o pior de todos os concelhos do litoral...
Mas foi sempre o melhor até à 40 anos atrás.

Anónimo disse...

Grândola desde que começou a explorar melhor as suas praias e a ligação de Troia com Setúbal deu o salto que lhe faltava. Está em maré alta e vai continuar. Bem em Grândola também, o Centro de Ciência Viva no Lousal, unico na região. Azinheira dos Barros muito limpinha e arranjadinha. Alcácer tem melhorado embora mais lento. Bem as obras na frente ribeirinha, a Cripta arqueológica muito bem feita, a Pousada no castelo excelente. Torrão muito boa freguesia, muito limpinha e arranjadinha, bem como S. Susana, uma aldeia muito bonita.
Odemira, Milfontes vai melhorar muito em breve, Zambujeira com o Polis também, no interior possui povoações muuito bem arranjadinhas e limpinhas como Cólos, Stª Luzia e a própria vila de Odemira está bem apresentada. Sines, eu adoro Sines, toda a zona do castelo, da praia, e penso que vai ficar excelente muito em breve. Porto Covo também está muito bonito, bem arranjadinho, limpinho. Santiago penso que é um concelho que podia estar melhor do que está. Não vou repetir o que os comentadores anteriores escreveram porque concordo com quase tudo. Como nasci no Cercal e ainda tenho lá família, há muitos anos que oiço que a câmara vai arranjar o centro histórico do Cercal, mas os meus familiares moram lá e nunca vi obras nenhumas nesse aspecto embora o Cercal seja bastante antiga.

Anónimo disse...

Sines é único porque tem uma das melhores coisas que á no mundo tem um grande supermercado de drogas junto á refinaria á muitos anos eu penso que os pais dos jovens gostam de ver os filhos a apodrecer na droga eu tenho vindo a alertar a situação e ainda sou ofendido maltratado e até já levei porrada por dizer a verdade só não vê quem não quer ver é uma autentica romaria todos os dias

Anónimo disse...

Com um potencial ambiental único...toda esta zona desbarata tudo!

Anónimo disse...

A nível de museus, não há um museu em condições no litoral alentejano e isso prejudica muito a região. O Festival Musicas do Mundo e o Festival Terras Sem Sombra são as iniciativas com mais valor cultural. As ruinas romanas de Miróbiga podiam estar mais rentabilizadas assim como as ruínas de Troia. No Porto Covo há fortalezas únicas que podiam estar muito melhor. O castelo de Milfontes podia ser comprado pela câmara de Odemira e servir o concelho como alavanca cultural e turística. O centro histórico de Santiago mesmo com as obras deixa muito a desejar e na minha opinião o dinheiro gasto podia luzir mais para além dos muitos prédios que são da CM e que estão abandonados ao destino. Alcácer é beijada pelo rio Sado e está a saber aproveitar isso mas ainda poderia ser melhor. Grândola tem serra, montado, boas praias, bons hoteis, e ainda pode desenvolver-se mais. Sines com o problema da poluição não tem grande futuro turístico, mas mesmo assim podia estar melhor se tivesse gasto bem os milhões que teve nos seus cofres ao longo dos anos. Apesar disso, julgo que Santiago e Sines podiam estar muito melhor e nesta altura competem entre si renhidamente para os dois piores concelhos do Alentejo Litoral.

Anónimo disse...

Aqui em Sines o que está a dar é ser de Etnia Cigana o dono de Sines agora vai dar casas a todas as pessoas que sejam de Etnia Cigana por isso todas as pessoas que sejam de Etnia Cigana venham todos para Sines que é para receberem uma casa para os Sinienses o que vão receber é um cabresto e umas palas e só tem o que merecem

Anónimo disse...

Um dos pontos fortes do concelho de Santiago é o novo parque de autocaravanas junto das piscinas. A carrinha com os autofalantes da cãmara municipal tem corrido as freguesias todas a divulgar o parque, alto e com bom som. Este Vitinho é um visionário, e com este parque de autocaravanas Santiago fica a ser o máximo com tanta propaganda.

Anónimo disse...

o parque de caravanas de santiago cacém será a obra do mandato. O Proença disse na campanha que a obra do mandato seria o centro cultural de santo andré, fosse com fundos comunitários ou só com dinheiro da câmara, não passava deste mandato. Só que o que se está a ver é que não será feito qualquer centro cultural em santo andré, logo a obra do mandato só pode ser o parque de auotocaravanas. Que beleza!