3.29.2011

Festival de Musica "Terras sem Sombra"


16 comentários:

Anónimo disse...

Não percebo nada destes Abranhos então o PC é contra a relegião cristã e agora já fazem festas juntos o PCP é um rabanho de Herodes juntos.

Anónimo disse...

Nem você percebe...nem NINGUÉM...a hipocrísia comuna ao mais ALTO NÍVEL...!

de cá disse...

São estes espéctaculos que engrandecem Santiago do Cacém.
Não os pimbas, que custam fortunas e são iguais aqui ou em Bragança

de cá disse...

...e vejam se a nossa Igreja não merece isto:
http://www.youtube.com/watch?v=zwP7-JDEDWc&feature=autoplay&list=PL81FFEADA92B8BC8D&index=6&playnext=6

Anónimo disse...

O que poderá engrandecer Santiago, não são estes espectáculos elitistas...só por si...!
O que engrandece uma Terra é o respeito e a dignidade que deve existir entre os municipes e, a divulgação, reconhecimento e divulgação dos seus valores locais pelas Entidades Autárquicas...

Anónimo disse...

Acho uma VERGONHA E UMA INCOMPETÊNCIA, numa Terra onde quase nada acontece, haver amanhã à noite este concerto na Igreja e outro concerto, à mesma hora, do nosso Coral Harmonia no Auditório...

ENTENDAM-SE...ISTO COM PESSOAS COMPETENTES E AMIGAS DO CONCELHO...NUNCA ACONTECERIA...!

Anónimo disse...

Não consigo perceber então o Partido Comunista tem um historial de mais de 117 milhões de mortos por onde tem passado ao longo de toda a historia e sempre contra a religião catolica e agora vão andar juntos a fazer festivais de musica.

lopes disse...

Ao anónimo das 5.32:
Espectaculos elitistas?
Estive lá, não paguei um centimo, e vi uma espéctaculo maravilhoso, um monumento lindo, e as pessoas contentes e julgo que satisfeitas pelos que assistiram.
Acontecem mais coisas desta no Centro Histórico de Santiago é o que se deseja.
E sobre os comentários acerca dos comunistas, espera-se que de vez em quando lá façam coisas boas e que olhem para a frente. E isto foi muito bom!

Anónimo disse...

Continuo a ver o cine-teatro de Ermidas-Sado a cair todos os dias e não há dinheiro para o arranjar, e já há para pagar espectáculos de luxo?
Como é que é? Só há dinheiro para Santiago e Santo André? Então e o interior do concelho é para deixar morrer? Como é que é Sr. Dr. V. Proença?

Anónimo disse...

A pergunta é...o que é que os ermidenses fizeram sem ser pedir dinheiro à CMSC, para recontruir o teatro?

Anónimo disse...

Caro amigo das Ermidas.
Enquanto voces não lhe derem o voto, nada feito.
Agora com a crise, ainda pior!
Nota: Eu tenho que os vergar.

Anónimo disse...

Amigo de ermidas, o vosso problema com o cine-teatro é igual ao nosso com a sociedade harmonia, e outros. Agora constroi-se tudo de novo e abandonam-se todos os antigos equipamentos culturais. Ainda há quem diga que o presidente da cãmara é o melhor amigo do património do concelho!!!!! E esta ein!!!! Mas infelizmente no concelho de Santiago, o rei vai nu quando se fala de património. É só fumo e fachada!

Ermidense com orgulho, até morrer disse...

Ermidas não verga mesmo que a CMSC nos abandone como tem feito com o cine-teatro Vitória, porque os ermidenses amam a sua terra. Aqui a CMSC enterra-se de dia para dia e quanto mais tempo passa, mais dificil é que algum dia a CDU ganhe eleições aqui outra vez.

Anónimo disse...

Juntem-se em torno de alguém credível e independente e tirem os comunas DAQUI...!

Anónimo disse...

Presidente da CMSC recebe peregrinos que vão para Santiago de Compostela








Vítor Proença recebe amanhã às 18h00, na Sala de Sessões da sede do Município, dois peregrinos que fazem a viagem até Santiago de Compostela, um de nacionalidade Portuguesa e outro Alemã, ambos residentes no Algarve, que chegam a Santiago do Cacém para pernoitar nas instalações das Piscinas Municipais.



Os dois caminhantes saíram do Farol do Cabo de S. Vicente no passado dia 16 e pretendem chegar a Santiago de Compostela no dia 14 de Maio.



O caminho é feito integralmente a pé, sem qualquer carro de apoio. O objectivo é de acordo com os dois peregrinos “despertar interesse para o mundo deste itinerário como futuro caminho de Santiago, bem como promover as respectivas localidades em termos de património histórico, religioso, cultural e paisagístico”.



O percurso que está a ser feito é o seguinte: Cabo S. Vicente; Bordeira, Odeceixe, Odemira, Cercal, Santiago do Cacém, Pinheiro da Cruz, Setúbal, Lisboa, Alverca, Azambuja, Santarém, Alcanena, Fátima, Alvaiázere, Rabaçal, Coimbra, Anadia, Aveiro, Esmoriz, Porto, Vila do Conde, Barcelos, Ponte Lima, Tui, Redondela, Pontevedra, Caldas de Reis e Santiago de Compostela.



Recorde-se que Santiago do Cacém é cidade geminada com Santiago de Compostela desde 2007.



Aproximar a única cidade do país com o topónimo Santiago com Santiago de Compostela é o objectivo da cooperação que pretende que as regiões aprofundem relações, tendo em conta as suas “marcas” comuns.



O protocolo envolve a “convergência de objectivos em torno da divulgação e valorização patrimonial do Caminho de Santiago à escala internacional”.



A Câmara Municipal de Santiago do Cacém tem um projecto para criar um Centro de estudos jacobeus que irá promover tudo o que diga respeito ao culto de Santiago, à análise histórica do Caminho de Santiago e à Ordem Militar de Santiago da Espada e pretende ainda criar um albergue para os peregrinos que passam pelo município alentejano, no seu percurso até à cidade espanhola de Santiago de Compostela.

Anónimo disse...

Eis senão quando, os peregrinos serão recebidos pelo mais alto magistrado da Admnistração do Concelho na pessoa do seu Presidente.
Interessante também a criação de um Albergue para os peregrinos.
Alguém consegue ver em Santiago uma alusão aos Caminhos de Santiago.
Nem uma miserável Concha de Vieira aparece!
Sempre a pelintrice bacoca de alguém que cultiva o culto da personalidade ( com assessor ).