3.21.2011

Câmara de Santiago do Cacém contra o encerramento de mais escolas

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém está frontalmente contra o encerramento de mais escolas no concelho. Numa lista divulgada de 365 escolas com menos 21 alunos, estão várias do concelho como as escolas de Vale de Água, Abela, Cruz de João Mendes, S. Bartolomeu da Serra, Arealão, Aldeia dos Chãos, Relvas Verdes, Brescos e Deixa –o - Resto.
Vítor Proença reafirma estar “frontalmente contra” aquilo que considera ser “a razia de encerramentos e um fecho cego, sem consultas à Associação de Municípios e às Autarquias”.“Tenho a convicção de que se se confirmar estes encerramentos, a população, as juntas e a autarquia irão protestar fortemente contra esta decisão”, porque acrescenta o autarca, “ que não há alternativas”.
O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém deu mesmo o exemplo das escolas como o caso de Relvas Verdes e Aldeia dos Chãos que se encerrarem, os alunos tem que ser integrados na escola de Santiago do Cacém, que não tem capacidade para albergar mais alunos.
“O Município vai empenhar-se como fez no passado para que estas escolas não encerrem” promete o autarca que critica a “falta de investimento do Governo no ensino e o desemprego de mais professores”.Vítor Proença lembra ainda que a autarquia tem feito um enorme esforço para melhorar as escolas, como é o caso de novos refeitórios e outros investimentos e por isso o eventual encerramento destas escolas do concelho seria penalizador para as freguesias e para a população.

28 comentários:

Anónimo disse...

Para mim não me interessa nada o que o empregado do PCP, Vitor Proença diz...!
O que eu sei é que o Concelho está pior do que em 1973...e o problema das escolas é o resultado da desertificação do País, provocada pela incompetência de TODOS os governantes E AGENTES POLITICOS da "democracia"...
O PCP é um desses Agentes...durante 30 anos trabalhou afincadamente para destruir o Alentejo e...QUASE QUE CONSEGUIU...
As escolas fecham porque a democracia deixa que um Governo presidido por uma espécie de "homem" que se chama Sócrates...queira, qual Salazar, ter nesses "mega agrupamentos", os BUFOS do próprio Governo...!!!
NÃO HÁ OUTRA JUSTIFICAÇÃO...
Os autárcas com politicas que privilegiaram o êxodo das populações, colaboraram para que esta desgraça SOCIAL, chegasse ao ponto em que está...!
O Vitor Proença tenta utilizar o resultado da sua própria incapacidade e incompetência, para tentar ganhar mais uns votos...!
É SÓ ISTO...É A VIDA...!

Anónimo disse...

não é só escolas parece que também à freguesias que podem ir à vida.

Anónimo disse...

As freguesias vão à vida e ainda há uns tolos que querem que Santo André vá a Concelho!!

Anónimo disse...

Faz algum sentido existirem freguesias como Santa Cruz, Vale de Água, S. Bartolomeu, Abela, etc?
O dinheiro que se gasta nessas estruturas das freguesias faz falta para beneficios das populações. Isto não é concelho para ter tanta freguesia. Isso de Santo André virar concelho é só mais um delirio.

Anónimo disse...

Este mesmo autarca que levanta a voz contra o encerramento das escolas é o mesmo que tem abandonado as freguesias rurais, onde ainda tem arruamentos por fazer, redes de esgotos para acabar, etars para substituir ou fazer novas, e é o mesmo que tem deixado o Cine-Teatro Vitória em Ermidas-Sado em ruínas. Que autoridade moral tem este senhor, que nem sequer é do concelho, para vir protestar contra o fecho das escolas e pregar a cassete desgastada do partido comunista, se ele mesmo não é capaz de fazer o seu trabalho de autarca, deixando as freguesias rurais à mingua, onde praticamente 90% da população é idosos ?
Este autarca tem feito o quê pela juventude do interior do concelho?
Regresse para donde veio que no concelho cada vez há mais gente que já nem o pode ver.

Anónimo disse...

Que investivento tem feito a CMSC nas freguesias do interior do concelho para criar condições para a fixação de pessoas e consequente aumento da população jovem que justifique a existência de professores?
Resposta: 0
Todo o dinheiro tem sido gasto, digo gasto porque investido é outra coisa, em Santo André. Os resultados dessa política de compra votos começam a estar á vista. Agora são as escolas, não tarda muita que desaparecerão freguesias.

Anónimo disse...

Mais cedo ou mais tarde Santo André vai acabar por ser concelho. Vai demorar ainda uns anos, mas enquanto Santiago está a definhar e a envelhecer demográficamente, Santo André tem cada vez mais gente nova e isso pode ser decisivo.

Anónimo disse...

Santo André a Concelho é uma anedota, que no estado em que o País está, apenas nos faz sorrir de tristeza.
Santo André julga-se o motor da economia e da cultura local...mas não é!

Anónimo disse...

Citação"Santo André julga-se o motor da economia e da cultura local...mas não é!"
O simples acto de divulgar esta frase, com exclamação diz muita coisa.
Já ninguém duvida que Santo André é o motor da economia e cultural do Concelho.
A dinãmica imprimida pelas gentes de Santo André faz tremer o Poder Local.
Somos diferentes até na maneira de pensar e de estar na vida e os politicos locais sabem que nós e que decidimos a votação.

Anónimo disse...

Os comunas nunca souberam bem o que hão-de fazer...tomaram conta do Alentejo há 37 anos...vão desaparecendo aos poucos...mas deixaram um rasto de destruição e abandono dificilimo de recuperar...
Santiago vai ser com certeza o último concelho a deixar de ser comunista...e isso é PÉSSIMO para todos nós (os poucos) que ainda gostamos do nosso concelho de Santiago do Cacém...!

Anónimo disse...

Isto não é concelho para ter mais ke 5 freguesias, o resto é para ter controleiros partidários terra a terra.

lopes disse...

Este anónimo das 11.25 é atrevidote mas tem alguma razão.
Por isso é o pessoal de Santo André são os "comprados" pelas forçlas politicas.

Anónimo disse...

RELATIVAMENTE AO ANÓNIMO DAS 11:25

Santo André é assim...porque a Câmara utiliza o dinheiro que seria para todo o Concelho em Vila Nova de Santo André...por opção politica...e tem conseguido comprar assim os votos dos seus habitantes...
Culturalmente Santo André ainda não se pode comparar a nenhuma das outras freguesias do Concelho e muito menos com a Sede...Vª Nª de Stº André existe há poucas
décadas e você devia ser um pouco mais humilde...se têm as 6ªs de cultura é porque a câmara em vez de subsidiar colectividades centenárias...lhes dá o dinheiro a vocês...Além disso com tantos intelectuais aceitaram ficar com uma biblioteca que tem o nome de um ANALFABETO...caso único no MUNDO...são o que são só porque os vossos votos interessam a esta Câmara CDU/PCP...o resto é fogo de artificio...é bonito mas efémero e dispendioso...

Anónimo disse...

A conclusão a que chego por alguns comentários, é que devemos o estado em que está o concelho aos habitantes de Stº André, porque têm sido eles que têm viabilizado estes executivos CDU. Portanto, podemos "agradecer" aos habitantes e eleitores de Stº André a miséria em que está o concelho, desde a cidade de Santiago até às aldeias e vilas do interior povoadas por velhos e reformados, porque a malta nova está toda a bazar para fora de cá. Não é por acaso que as grandes obras que são feitas no interior do concelho nos últimos anos são centros de dia e lares de idosos. Obras para a juventude, não foi anunciada nenhuma para o interor do concelho. Já agora como ermidense, "agradeço" também à população de Stº André as ruínas em que está o Cine-Teatro Vitória em Ermidas, que a câmara municipal abandonou completamente, mas que para Stº André já diz que vai fazer um centro cultural nem que seja só com dinheiro da câmara. Para Ermidas nunca quis fazer isso. Obrigado Stº André por viabilizarem as vitórias eleitorais da CDU que tem abandonado o resto do concelho.Cá por mim podem montar o vosso concelho ou hibernar para o concelho de Sines, e de mim não levam um cêntimo porque prefiro ir a Grândola fazer as minhas compras.

Anónimo disse...

APOIO 100% o anónimo das Ermidas...

Anónimo disse...

Lol.Lol.Lol.
Interessante estes post´s, sobre a Cidade de Santo André.
Se não fosse Stº. André a dar o "empurrão" pouco se sabia do Concelho.
Lol.Lol.Lol

Anónimo disse...

Citação"A conclusão a que chego por alguns comentários, é que devemos o estado em que está o concelho aos habitantes de Stº André, porque têm sido eles que têm viabilizado estes executivos CDU."
Ó homem não se mace mais.
Já se percebeu que o Sr.Victor e seus muxaxos, têm que dobrar o pessoal das Ermidas. Sem isso nem o QREN vos safa!

Anónimo disse...

se a junta de ermidas fosse comunista o cinema estava na mesma, porque em alvalade o cinema é da propria cãmara e eles tb não fazem nada e será para cair tb, e em ermidas o cinema nem foi comprado ao dono. Portanto desennganem-se quem pensa que é por ermidas estar no ps que o cinema está a cair. A cdu não tem grandes politicas para o interior do concelho, porque sabe que os votos que podem dar as vitórias eleitorais estão nas maiores fregusias, e logicamente canalizam para essas 95% dos seus investimentos. Para quê gastar dinheiro em ermidas, alvalade, abela, vale de água, santa cruz, etc, se aí moram poucos eleitores e em santo andre, santiago e cercal são aos milhares.

Anónimo disse...

A maioria da CDU na câmara municipal é contra o encerramento de mais escolas nas aldeias do concelho, mas não está empenhada em dar a essas freguesias espaços de lazer, cultura e desporto para esses mesmos jovens que serão os homens de amanhã. Não há politica cultural nem desportiva para o concelho mas apenas para as duas cidades de Santiago e Santo André, mas isso não preocupa a maioria CDU da câmara municipal. Neste concelho a maioria da CDU na câmara dividiu os municipes em municipes de primeira, que são os de Santiago e os de Santo André, onde há tudo, desde piscinas, pavilhões de desportos, auditórios, centro cultural de Santo André, duas bibilotecas, parques do Barroso, etc, e em municipes de segunda categoria que são as pequenas freguesias onde não há nada disso e se abandona até à ruina total o Cine-Teatro Vitória em Ermidas-Sado.

Anónimo disse...

Só espero que com todos estes exemplos de abandono por parte da CDU/PCP, em quase todas as freguesias...ACORDEM e devolvam esta "MÁ GENTE" às terras de onde vieram...São empregados do PCP...estão-se nas tintas para nós...Vila Nova de Santo André que é uma cidade nova e projectada pelo Salazar/Marcelo Caetano será pela sua densidade populacional e pela sua importâncoa na hora do voto, sempre protegida pelos comunas...

Há aldeias e freguesias do nosso Concelho que nem ruas têm...Tudo o que têm feito na Sede do Concelho...tem sido MAL FEITO...TEM QUE SER SEMPRE REFEITO...UMA VERGONHA...INCOMPETÊNCIA AO MAIS ALTO NÍVEL...

Anónimo disse...

"A Câmara é contra o fecho de escolas", diz o "Talentoso" Vitor Proença...Antes de começar a rir desta declaração POLITICA...só um bocadinho de história:
- Antes do 25 de Abril existiam dezenas de escolas e todas com inúmeros alunos em todas as aldeias e freguesias...
Se nós continuamos a ser 10 milhões de habitantes, o que é que aconteceu para que essas aldeias e freguesias estejam agora desertas de crianças e jovens...?

RESPOSTA:

- A INCOMPETÊNCIA E MEDIOCRIDADE DOS POLITICOS QUE NESSES CONCELHOS TÊM EXERCIDO O SEU EXTRAORDINÁRIO "TALENTO" NESTES ÚLTIMOS 37 ANOS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL...!

Anónimo disse...

Santo André a MAIOR? Só em caloteiros.....

Anónimo disse...

Proença veste a camisola do PCP contra o fecho de escolas e a politica do ministério da educação, mas sacode a água do capote como autarca quando tem praticado uma politica em que beneficia as freguesias com mais eleitores e deixa morrer em banho maria as freguesias do interior. Bastava-lhe poupar em dois ou três concertos em Stº André e tinha dinheiro para comprar o Cine-Teatro Vitória em Ermidas Sado. Proença fica na história do concelho de Santiago Cacém como o coveiro das freguesias rurais do concelho.

Anónimo disse...

Citação "Santo André a MAIOR? Só em caloteiros....."
Caro anónimo, é MAIOR, tem razão!
Pudera, é a maior freguesia em população no Concelho.
Também é maior em nº. de Licenciados, Operários das Fábricas e de Serviços alunos das Escolas.´
Sabe, os tipos do PC já vergaram os de Alvalade agora vão vergar os das Ermidas!

Anónimo disse...

O QUE EU SEI É QUE A "DEMOCRACIA" DIVIDIU E CRIOU ATÉ ÓDIO ENTRE OS PORTUGUESES....Antigamente o POVO estava TODO do mesmo lado...Hoje é o que se vê...! UMA VERGONHA...

Anónimo disse...

Acho graça o sr. anóninimo das 11:47 não questionar a quantidade de caloteiros de Santo André. Só mais uma achega: Em tempos o Continente da Amadora tinha um grande letreiro á porta: cheques de Santo André não se aceitam.

Anónimo disse...

boa noite,
tenho a hábito de vir aqui espreitar de vez em quando, mas sou sincero esse senhor do cine-teatro de ermidas já me vai dando vómitos,
faça alguma coisa, em vez de vir para aqui sempre com a mesma conversa, se pensar bem se calhar ainda nunca fez nada pela sua terra!!

Anónimo disse...

finalmente um comentário inteligente! É tão facil falar, insultar,estar à espera de que os outros façam tudo e só malhar nos comunas...Fico satisfeito de ver alguem a centrar bem a questão.E é util.