11.08.2010

Mais uma incubadora de empresas?

De uma recentes declarações de Vitor Proença, constatamos que no Alentejo Litoral já não existe criatividade nos autarcas, e que estes andam mal informados.
Pelos vistos a Câmara de Santiago do Cacém quer criar um Centro de Apoio a Empresas em Vila Nova de Santo André, o maior aglomerado populacional do concelho, para funcionar como incubadora de micro e pequenas empresas!!
O projecto pretende, segundo explicou Vítor Proença, proporcionar "espaços, meios, logística, ferramentas de comunicação de dados e formas de articulação com entidades públicas e privadas" a novas empresas e jovens empreendedores.
Dirigida a empresários em início de funções, que não tenham capacidade financeira para efectuar investimentos de raiz em instalações, a incubadora vai ser vocacionada para áreas de negócio que utilizem essencialmente as novas tecnologias, que não precisem de área de produção de bens ou armazém.
Segundo Vitor Proença, o projecto existe, o espaço para o instalar também, "falta agora o financiamento para meter o Centro de Apoio a Empresas a trabalhar".
O investimento previsto ronda os 400 mil euros, para o que a autarquia e a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL), parceira neste projecto, após uma primeira candidatura não aprovada, aguardam nova oportunidade de concorrer a comparticipação financeira de fundos europeus.
Vítor Proença assegurou, contudo, que, caso se não consiga financiamento, o Centro de Apoio a Empresas "avança na mesma", embora com "algum deslizamento no tempo", uma vez que a autarquia vai "insistir com a candidatura".
O projecto prevê a instalação do Centro de Apoio a Empresas no primeiro piso desocupado do Gabinete Municipal de Santo André, onde passaria a funcionar também o pólo do litoral alentejano da ADRAL, incumbida de gerir e dinamizar o espaço.
A cargo da autarquia, fica o mobiliário e a instalação de ferramentas de tecnologia de informação, como equipamentos para transferência de dados e videoconferência, que permitam a interacção das empresas com todo o país, mas também, por exemplo, com "a Europa e África".
A par da incubadora de empresas, a Câmara de Santiago do Cacém quer instalar no mesmo edifício "o primeiro centro de formalidades de empresas do litoral alentejano", com ligação ao IAPMEI.
"A sul só existe em Setúbal, em todo o Baixo Alentejo não há nada disto", destacou.
O autarca defendeu ainda a necessidade de ser desenvolvido o sector de serviços na região, lembrando que o litoral alentejano já conta com uma área empresarial vasta, desde "gigantes" da indústria química, ao porto e área logística de Sines, para além do peso da agropecuária e do turismo.
Destas declarações de Vitor Proença podemos destacar algumas coisas:
Primeiro, anda mal informado, pois em Grândola já existe uma "incubadora de empresas" :
http://www.cm-grandola.pt/PT/Negocios/IncubadorasdeEmpresas/Paginas/IncubadorasdeEmpresas.aspx
e o que é o SinesTecnopolo??
http://www.sinestecnopolo.org/incubacaoeempreendedorismo
ou seja, repetir e copiar o que ja existe!
Segundo, ou que interessa é fazer, mesmo sem dinheiro (em itálico). Quem vier a seguir que pague...aliás, esta a seguir a moda neste país, fazer e alguém que pague, mesmo que seja equipamentos desnecessários, ou repetidos.

29 comentários:

Anónimo disse...

Plos vistos o presidente da CMSC anda distraído se calhar a pensar no seu futuro porque realmente em Grãndola já há uma incubadora de empresas e o Tecnopolo de Sines serve os mesmos desafios da infraestrutura que quer fazer. Portanto nada de novo, aliás como seria de esperar vindo de um autarca em fim de ciclo que se calhar entrega a pasta a meio do mandato, se o patrão (PCP) assim lhe ordenar. Entretanto a Lagoa vai morrendo de dia para dia para o turismo, assim como o cemitério vai ficando dentro do castelo, o centro de estudos jacobeus na câmara velha não aparece, a zona histórica tem direito a uma infima parte das obras que tinha falta, o mseu de arte sacra no hospital do espirito santo está na gaveta, a sociedade harmonia continua sem ter a sua sede devidamente restaurada, a candidatura de Santiago a património da humanidade foi mais uma fogachada, a geminação com Santiago de Compostela até agora foi apenas para inglês ver, e outras e outras promessas que tempo vai levando desde há muitos anos. A malta do PS, do PSD, do CDS, do Bloco, do Zé Ferro estão dados como desaparecidos e em parte incerta, e eis Santiago, um concelho com enorme valor, com aldeias e vilas de grande beleza, que tem uma sede concelhia que fecha as portas todos os dias depois de jantar transformando-se numa cidade fantasma, caso único em todo o país.

Anónimo disse...

Se o "pricípio activo" dos comunistas é ser contra qualquer tipo de iniciativa privada, porque será que eles teimam em mandar pó para os olhos das pessoas, para que acreditemos neles? Por muito que tentem, não conseguem disfarçar os seus ditames marxistas-leninistas.

Anónimo disse...

O Vitor Proença. é um "ILUMINADO"...
O homem não tem noção do ridiculo...

INDUSTRIAS EM SANTIAGO...!!!

NESTE MOMENTO UM HABITANTE DE SANTIAGO QUE PRECISE DE UM PREGO, OU DE UM QUALQUER PARAFUSO...TEM QUE PEGAR NO CARRO E IR À ZONA INDUSTRIAL...OU ENTÃO ANDAR 3 KMS A PÉ...

Vai acontecer com ele o que aconteceu com todos os empregados do PCP que passaram por Santiago...

ENTRARAM TESOS...
DESAPARECEM RICOS..

OBRA FEITA - 0

zeca diabo disse...

Agora que está de malas aviadas o tal de Vitor Proença já diz tudo e faz tudo.

Anónimo disse...

Há um mérito que ninguém pode tirar a Vitor Proença. É um dos politicos ilusionistas mais brilahntes que por aqui tem aparecido na região. Ele promete tudo e mais alguma coisa, e conseguiu sempre iludir os eleitores. Quando se fizerem as contas finais entre tudo o que prometeu nos seus mandatos e o que fez vemos que fez para aí 20%. Depois arranja as tais desculpas que as autarquias estão a ser espoliadas pelo governo, e já está. É um expert em comunicação e imagem e caiu em Santiago para os comunistas como mel na sopa. A ajudar, temos uma população muito iletrada, inculta, que cai fácimente no goto destes vendedores de sonhos. Puxa, pelo menos nisso temos dar mérito ao homem.

Anónimo disse...

Só!!!
Só isto ?? então e o que aconteceu em 2005 quando o iluminado mais outros que tais ,se lembraram de ir buscar vários milhões para formarem a REGI e depois deixaram-na ao abandono, como está, diga-se pois tenho lá gente e as dividas das câmaras rondam os milhares e as pessoas que lá estão, vivem o dia a dia sem saber se vão ter salário para o mês que vem. Este Proença largou a REGI prque perdeu a mioria e depois esqueceu-se esqueceu-se e por lá continuam alguns esquecidos. Agora é mais um ar da sua graça para cativar as gentes de Santo Andre´para as próximas eleições, sim porque a inauguração vai bater nas próximas eleições.

Anónimo disse...

Todos os que passaram pelo PCP sairam ricos. Olhem o Baguinho até casa de luxo com pinturas de outros tempos ele tem lá para o sitio onde mora. Conta quem lá esteve. O Ramiro de motorista arreganhado passou a ter casa e empregou um dos filhos na Petrogal, o Proença de pobre rapaz empoleirado numa pedaleira é agora Dr, vive bem e ri muito próprio de quem esconde muito. Quantos aos outros partidos tudo gente que não está para se chatear, agora cá, andar na politica já não dá tacho, só da´chatice. Depois o PS grande derrotado nas ultimas, vai continuar a ser derrotado, pois nesta comissão politica, é o Hugo que só ri, como o Proença, o Arnaldo que ainda por lá anda e o Alexandre Rosa que busca por algo mas não vai ter. Este PS é o pior de sempre, porque nem se sabe quem são. Estamos mal servidos e o PCP apoderou-se de Santiago do Cacém e o Cáceres de Santo André e o caminho vai fazer-se por aí pois nada mais os outros oferecem.
A mediocridade apoderou-se destas gentes e destas terras. Falta o Amandio que ao que dizem tem o Ps com ele e quer ser Presidente.

Anónimo disse...

Santo André a sede do Concelho, ou para o concelho de Sines, Alvalade para o concelho de Aljustrel, Ermidas-Sado para o concelho de Grândola.
Isto é que era obra, os condinhos do Bracial ficavam como queriam.

Anónimo disse...

O presidente da CM de Santiago está a dar os últimos suspiros, mas a veia criativa já deu o que tinha a dar. Mas deixa o terreno preparado para o seu sucessor ou sucessora, porque as obras em Santo André vão dar muitos votos. E é lá que as eleições são decisivas. Pode continuar a desprezar o resto das freguesias, onde só há reformados, porque esses são comunistas na maioria e o voto é sempre certo mesmo que não invista lá um chavo. Em Santo André não, porque tem uma população jovem que precisa de ser estimulada para dar os votos. Com estas obras e o trabalho do Jaime Cáceres, a CDU tem o caminho traçado para mais uma vitória em 2013, contando com a ajuda de um Partido Socialista estilhaçado e sem alma, um PSD em estado vegetativo, um Bloco de Esquerda arredado da vida do concelho e um CDS/PP prativamente extinto. Por conseguinte, o efeito "Vitor Proença" vai ainda dar resultado nas próximas eleições a favor de uma nova vitória da CDU/PCP, porque não se vê nada que a possa contrariar dada a apatia e o desinteresse dos restantes partidos.

Anónimo disse...

José Campos, Manuel Estrela, Amândio, Jorge Nunes, José António Falcão, qualquer um deles dava um bom cabeça de lista para uma candidatura independente a favor de Santiago. É tudo boa gente, de cá, que prezam a nossa terra e os nossos valores. Santiago precisa de um projecto independente que vá buscar os votos aos partidos que estão praticamente mortos e desinteressados da vida do concelho e das populações. É preciso uma nova geração de politicas para o concelho, e sobretudo com pessoas que não precisem da politica para nada.

Anónimo disse...

E o Cercal para Odemira. O concelho de Santiago está quase ingovernável porque com estes cromos da cdu ou com outros de outro partido, qualquer um vai ter sempre tendência a fazer obra onde há mais votos para assim irem garantindo a reeleição. O concelho precisa emagrecer para que as populações tenham todas as mesmas oportunidades vivam em Santo André ou no Vale de Água.

A Guerreiro disse...

Jorge Nunes, Amândio, José campos, também não se ia longe!

Anónimo disse...

Para o anónimo das 2.45, tem razão. O justo seria que houvesse um tratamento igual para todas as freguesias, das maiores às mais pequenas mas o que toda a gente vê é que o concelho de Santiago Cacém está cada vez mais desiquilibrado, e devido aos votos e nada mais. Por culpa da CDU que em vez de pensar nas populações, pensa só nas eleições para ir ganhando a câmara.

B Varela disse...

Uma coisa que me faz confusão é como é que perante um disparate destes, a juntar a muitos outros e não ha ninguém que levante a voz.
O oposição ACORDEM por favor!!

Anónimo disse...

Mas o Alentejo Litoral não merece que um blog directamente a ele dedicado não mereça mais posts? Se os administradores do blog, não querem, não podem ou outra coisa qualquer, colocar mais assuntos em discussão que abdiquem do blog. Na minha santa ignorãncia, os blogs só deveriam existir a partir do momento que colocassem no mínimo um post por dia.

Anónimo disse...

O Vitor Proença não é nenhum politico ilusionista...nós conseguimos descobrir todos os truques que faz...

Tenho a dizer a um dos anteriores anónimos que com a oposição politica que existe, é melhor não os acordármos...deixá-los dormir...cada vez que acordam, só fazem "merda"...ou não dormem o suficiente, ou tem mau acordar...!!!

Alentejo_SW disse...

Ao anónimo das 11.44, agradecemos o seu comentário, mas a disponibilidade não é total e por muitoque se quisesse colocar uma noticias por dia, não existem nem tempo nem noticias.
De qualquer modo, reiteramos o pedido a quem quiser, que envie noticias, comentários, anuncios, divulgações, que aqui serão colocados.

Anónimo disse...

Por mim continuo a achar que esta região, ou seja todos os concelhos, não estão a ser governados como mereciam. O problema não é só Santiago, mas sim em todos os concelhos porque uma região como esta se tivesse nas mãos de pessoas ou autarcas mais inteligentes outro galo cantaria. Santiago não está pior nem melhor do que os outros concelhos, porque no geral andam todos muito proximos e com os mesmos problemas, e falta uma visão mais regional e não capelinha a capelinha ou uma visão para cada concelho. Os concelhos da região deviam estar mais unidos e terem projectos comuns porque isso era bom para todos os municipes de todos os concelhos.

Anónimo disse...

O nosso inefável Proença está nos últimos suspiros, mas conhecendo-o, deve estar a preparar uma saída em grande estilo. Se o partido deixar, é claro. Mas é pessoa para passar a pasta com um grande acontecimento que deixe a sua marca. Ele precisa disso para alimentar o ego. Infelizmente a sua veia criativa tem andado muito por baixo ultimamente. Nota-se que está em baixo de forma desde há uns tempos para cá. Está visivelmente cansado, tem a imagem muito gasta, e a sua substituição começa a tornar-se urgente para bem do partido e dos próximos objetivos eleitorais da CDU em Santiago do Cacém. Para alguns militantes, já está a pecar por tardia embora não o possam dizer frontalmente.

Anónimo disse...

Vendo bem as coisas, Vitor Proença ficará na memória dos municipes apenas como tendo sido um razoável vereador da cultura, e pouco mais. Quando subiu a presidente deixou pelo caminho valores que teve enquanto vereador como a humildade, abertura, capacidade de ouvir e sentir a população, e trouxe ao de cima a seu lado pior, com tiques de arrogância, culto da personalidade, vaidade, egocentrismo.

Anónimo disse...

Nós aqui em Sines já jogamos a CDU para o caixote do lixo a mais de um ano agora na CDU de Sines já só existe meia dúzia de velhos obsoletos e caducos e no PS é quase a mesma coisa são meia dúzia de rendilhados e vendidos malta de Santiago vão há luta com Independentes e boa Sorte.

Anónimo disse...

Exactamente, PARA MUDAR PARA MELHOR SANTIAGO, só com uma LISTA DE INDEPENDENTES...
Os Partidos jã provaram a sua incapacidade e, mediocridade...

Quero dizer a um dos anteriores anónimos, que precisa de dar uma voltinha pelos outros Concelhos e, OLHAR...
NÃO HÁ NENHUM...PIOR QUE O de SANTIAGO....

Anónimo disse...

Santiago desespera por uma lista independente, com o melhor que existe na terra. É preciso que alguém comece a tratar disso porque está mais que provado que com a CDU não passamos da cepa torta e os outros partidos não mostram qualquer interesse pelo concelho a não ser um mês antes das eleições. Estamos completamente abandonados e precisamos de sangue novo e ideias novas como do pão para a boca. Há que mudar este concelho com um outra forma de governar e com pessoas que gostem do concelho.

Anónimo disse...

Os políticos são os maiores vendedores de ilusões os maiores mentirosos de sempre, aqui em Sines no tempo da ditadura da CDU foi a maior desgraça de todos os tempos na CDU só existe é inúteis incompetentes e obsoletos.

Anónimo disse...

estou enganado ou o dr Manuel Coelho não é o mesmo presidente da cms qdo o executivo anterior foi eleitp pela cdu? o facto de se apresentar como independente aumentou as suas qualidades, a sua competencia?gostava que me explicassem, e apontassem as alteraçoes que melhoraram o concelho.

Anónimo disse...

Alcácer do Sal recupera 1,6 milhões de euros com os investimentos feitos para o reforço das ligações aos bairros periféricos e para a revitalização do edifício Pomba Cupido e agora o lançamento do balcão único. Grande fatia do piddac vai para Alcácer. Os restantes 0.

Anónimo disse...

Parece-me mais que o V.Proença em vez de uma incubadora de empresas, anda a "encavar " como um vendedor ambulante.

Anónimo disse...

Incubados andamos nós todos.

Anónimo disse...

dinheiro aos montes... só nos bolsos dos mesmos! http://noticias.sapo.pt/infolocal/artigo/1187893.html