3.22.2010

Campanha da LASAM de recolha de donativos

Damos aqui voz a esta campanha da "Liga dos Amigos do Sítio Arqueológico de Miróbriga":
"Vai a leilão no próximo dia 29 de Março o sinete pessoal com as armas de Frei Manuel do Cenáculo, figura ìmpar na cultura do sec. XIX em Portugal.Foi o impulsionador das primeiras escavações em Miróbriga, que deu nota detalhada e sagrou a Igreja Matriz de Santiago do Cacém, reconstruída após o terramoto de 1755.
http...://pt.wikipedia.org/wiki/Manuel_do_Cen%C3%A1culo
http://www.arqnet.pt/dicionario/vilasbcenaculo.html
A LASAM, sentido a grande ligação desta figura a Miróbriga e Santiago do Cacém inicia hoje uma campanha de recolha de donativos para poder licitar esta peça.Poderão ser enviados os dantaivos para a conta da LASAM com o NIB 0045 6320 4021 8387 68471, da Caixa de Crédito Agrícola de Santiago do Cacém.
Solicita-se a quem o fizer, que envie um mail com o comprovativo para lasamirobriga@gmail.com ou franciscolobo@larquitectos.pt.
Nesse mail deverão ser indicados o nome ( que constará na lista de doadores) e a quantia, se deseja recibo e se caso não consigamos adquirir a peça, se deseja que o valor lhe seja devolvido.Caso não seja devolvido, o dinheiro angariado reverterá para o normal funcionamento e actividade da LASAM.
Iremos dando conta desta nossa campanha.
A todos o nosso agradecimento."

32 comentários:

chica disse...

Penso que seria um bom investimento da CM de Santiago se adquirisse esta peça, que tem muito significado para o concelho. Mais vale investir na compra desta peça do que pagar 30 ou 40 mil euros num concerto com um artista de renome.

Anónimo disse...

Oxalá consigam vencer esta causa, que Santiago bem merece. Temos que defender melhor o nosso patrimonio que é o que nos distinguirá no futuro e será uma mais valia. Lamento não poder contribuir mas a vida está dificil.

Filomena Barata disse...

Cumprimento a iniciativa da Liga de Amigos de Miróbriga.

Anónimo disse...

Eis uma boa oportunidade para colocar à prova a dinâmica das forças vivas de Santiago que bem se poderiam juntar para licitar este importante património, para posteriormente colocar no nosso museu municipal em lugar de destaque. Tenho interesse em saber se a nossa CMSC tem algum interesse neste sinete e se pretende ajudar a participar na sua licitação. O que é que a ilustre Dra. Margarida, vereadora da cultura da CMSC, pensa fazer?

Anónimo disse...

A LASAM só com boa vontade não vai conseguir grande coisa. Precisa de meios e sem ovos, ninguém consegue fazer omeletes. Será que esta associação recebe apoios da CM à semelhança de outras associações e colectividades do concelho? É contemplada também na distribuição das verbas que todos os anos a Repsol entrega às associações? Quem souber que responda!

Anónimo disse...

Estou de acordo com a Chica, e tambem sou da opinião que a CMSC pode e deve ajudar a comprar o sinete do Cenáculo, figura de grande simbolismo para Santiago. Esperemos que o blogue traga aqui o resultado desta iniciativa e se houve ou não sensibilidade da CMSC para esta causa.

Anónimo disse...

A Câmara de Santiago, é uma Câmara Soviética.
Se o sinete fosse do Lenine,do Àlvaro Cunhal, ou de outro qualquer ditador comunista...a Câmara comprava!!!
Esta Câmara e os seus "inquilinos" actuais, estão aqui, a mando do PCP nacional...
Sobre a Cultura do nosso Concelho...NEM QUEREM SABER...SÃO DEMASIADO MEDIOCRES E INCOMPETENTES...SÃO MAUS, MUITO MAUS...36 ANOS DÁ PARA TER UMA IDÉIA...OU NÃO???...

Anónimo disse...

Só por 2h00 de "show":

SÃO ESTES OS CRITÉRIOS E, PRIORIDADES DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM E, DOS ELEITOS DA CDU/PCP, DESDE HÁ 36 ANOS!

Estimativa de Custos:

- Espectáculo com DELFINS – 26.400,00 € (vinte seis mil quatrocentos euros)
- Aquisição de Fogo de Artifício, Foguetes e Morteiros – 5.000,00 € (cinco mil euros)
- Aluguer de Palco – 4.000,00 € (quatro mil euros)
- Serviço de Segurança – 750,00 € (setecentos e cinquenta euros)
- Lembranças aos participantes nas iniciativas do Programa do Município – 8.500,00 € (oito
mil e quinhentos euros)

TOTAL ESTIMADO – 44.650,00 € (Quarenta e quatro mil seiscentos e cinquenta euros)

FUNDAMENTOS: Ao abrigo da alínea a) e b) do número 4 do artigo 64 da Lei 169/99, de
18 de Setembro na redacção da Lei 5-A/2002, de 11 de Janeiro.

de cá disse...

Realmente...44650 mil euros por uma coisa de duas horas (e má) contra 200 euros que podem ficar cá para sempre, da nossa memória, da nossa história!

Anónimo disse...

Querem apostar que se fosse para contratar a Rita Pereira ou outra figura do jet set nacional que a Câmara aparecia interessada e a dizer que havia verba? Para isso e outras pimbalhadas nunca falta verba.

Anónimo disse...

qualquer vontade que eu tivesse em contribuir para esta aquisição,ponho-a já de parte dada a natureza dos comentários!O ódio que alguns revelam pelos comunistas, só porque o são, revela o atraso cultural dos seus autores...e descredibiza qq iniciativa. Lamento

Anónimo disse...

Quero apenas felicitar a LASAM por esta iniciativa, em particular o arqtº e grande santiaguense Francisco Lobo, e espero muito sinceramente que apareça alguém ou alguma entidade que abrace esta causa e consiga fazer com que esta magnifica peça fique em Santiago do Cacém, reforçando o nosso património e a nossa herança cultural.

LASAM disse...

Agradecemos, em nome da LASAM a divulgação e o apoio (pelo menos de intenção) e, novamente, solicitamos o apoio financeiro...a base de licitação é de 200 euros, logo, não é necessário muito dinheiro para trazer esta peça para Santiago do Cacém.
Esclarecendo algumas questões a LASAM não recebeu nenhum apoio financeiro, (sobre)vivendo das quotizações dos seus sócios.
Quem queise saber mais ou tornar-se sócio envie sff, um mail para lasamirobriga@gmail.com.
E por ultimo, a LASAM é totalmente apolítica, não nos revendo em alguns comentários e não desejando que, por isso, estes impeçam o apoio a esta causa.
O empenho da LASAM é Miróbriga, Santiago do Cacém e o Alentejo

Anónimo disse...

Ao anónimo da 1.04 quero só dizer que conheço muitos comunistas que têm ódio a socialistas, sociais-democratas, etc também só por o serem, e sou do tempo em que os comunistas corriam as caravanas eleitorais do PSD e do CDS à pedrada no Alentejo e até neste concelho. E também sou do tempo das ocupações e pilhagens nas herdades, dos saneamentos políticos nas empresas, etc. Portanto, se há quem tenha rabos de palha e sapos bem gordos para engolir são os seus camaradas comunistas. O seu argumento para não participar na campanha aqui em questão, é fraco, mesquinho e mais valia ter ficado calado. A não ser que concorde com os gastos em pseudo-cultura que algumas (infelzmente muitas) câmaras fazem, não apenas câmaras cdu, mas outras, como por exemplo a câmara de Santiago que esbanja milhares e milhares de euros em concertos e festas todos os mandatos.

Anónimo disse...

Ao anónimo da da 01:04

Ódio é uma palavra forte demais...
Eu penso que com o passar dos anos, as pessoas começaram a ficar mais esclarecidas e, o "historial" dos eleitos da CDU/PCP, tem revelado, que o objectivo principal desse "grupo" politico/social, não é dar às populações uma vida melhor e, ao mesmo tempo defender e respeitar as tradições e culturas locais...
É por isso e, por muito mais razões, que a CDU/PCP, no Litoral só tem a Câmara de Santiago, e, no Alentejo, mais algumas mas, cada vez, menos...

Eu acho que, se a Câmara vai gastar este ano no 25 de Abril, com o Fernando Pereira, palco e, fogo de artificio, mais 40/50.000€, poderia não rebentar tantos foguetes e comprar, como é sua obrigação, o tal "SINETE".

É A MINHA OPINIÃO

Anónimo disse...

Os politicos de carreira investem naquilo que dá votos e não no que é importante para as populações, porque são profissionais da politica ao serviço dos partidos a quem têm que prestar contas. Nem vontade própria têm porque obedecem cegamente às directrizes partidárias que recebem, caso contrário são substituidos por outros porque a politica é hoje o melhor caminho para ficar bem na vida em pouco tempo e com pouco esforço.

LASAM disse...

Aproveitando esta oportunidade e este meio de divulgação, aqui deixamos um ponto de situação:
A LASAM irá licitar a peça, até ao limite que consideremos adequado para este tipo de objecto.
Até ao momento não conseguimos o valor suficiente, mas estamos confiantes que, caso seja necessário, as entidades e empresas locais nos ajudarão nesta iniciativa.
É intenção da LASAM, ceder por empréstimo, para exposição e fruição de todos, esta peça podendo vir a ficar num dos seguintes locais:
Museu Municipal de Santiago do Cacém, Centro de Exposições de Miróbriga ou no Tesouro da Colegiada na Igreja Matriz de Santiago do Cacém.
Apelamos mais uma vez ao apoio de todos aqueles que sentem que estamos a contribuir para a memória e o património local.
A todos o nosso muito obrigado

Anónimo disse...

Antes de mais quero pedir que alguém me explique porque razão a LASAM não recebe qualquer apoio da CMSC como recebem quase todas as associações e colectividades do municipio. Será que a LASAM não pede esse apoio, mediante a apresentação do seu plano de actividades anual?
Em segundo lugar, penso que não devemos politizar esta questão do sinete. O património é herança cultural de um povo e está acima das querelas partidárias. Por último, dou os parabéns à LASAM por avançar para o leilão com poucos meios na tentativa de trazer o sinete para Santiago, sem poder deixar de lamentar que a autarquia e outras entidades públicas do concelho não se tenham mostrado sensíveis a esta questão até ao momento. Se as entidades que têm a obrigação de defender os interesses do concelho não avançam, pouco se pode esperar do cidadão anónimo.

LASAM disse...

Aproveitando mais uma vez este local de divulgação aproveitamos para informar que, apesar da nossa tentativa, não conseguimos o objectivo de comprar o sinete de Frei Manuel do Cenáculo.
Foi arrematado ontem, no leilão em Lisboa, por 2 500 euros, com uma base de licitação de 200 euros, muitíssimo além do que tinhamos colocado como nosso valor limite.
A todos os que nos ajudaram, apoiaram e incentivaram nesta campanha, o nosso muito obrigado!
Aproveitamos esta ocasião para informar que a LASAM promove, no Dia Internacional de Monumentos e Sítios, 18 de Abril de 2010, nDomingo, no Sitio Arqueológico de Miróbriga uma iniciativa "Um encontro de fim de tarde", palestras e conversas sobre Miróbriga.
Oportunamente daremos mais informação, podendo o programa ser consultado aqui:
http://www.igespar.pt/pt/news/15/1658/
Podem cosultar as actividades da LASAM no Facebook, no blogue ou através do mail lasamirobriga@gmail.com

Melhores cumprimentos

Uma santiaguense disse...

Lamento muito que a Lasam não tenha tido qualquer apoio do municipio para poder licitar o sinete com mais meios e mais chances de o disputar. Perde Santiago e perde a nossa cultura. Comprado por 2,500 euros, uma infinita parte do que a CM vai gastar com as comemorações do 25 de Abril, mas há muito se percebeu o significado da palavra cultura para a CDU, portanto nem posso dizer que fiquei surpreendida porque se a CM tivesse ajudado a Lasam é que me tinha surpreendido.

Anónimo disse...

Barraca!!!

Ainda tive a esperança de a CMSC tivesse a decencia de apoiar na compra.

ESTAMOS TRAMADOS COM ESSES TIPOS

TEMOS DE OS TIRAR DE CÁ!!!

Anónimo disse...

Aconteceu o que era previsivel...A Câmara CDU/PCP, portou-se à sua "altura"...SEM SENSIBILIDADE, COM INCOMPETÊNCIA, E DESLIGADA DA POPULAÇÃO, DA SUA HISTÓRIA E, CULTURA...

ACHO QUE:
- QUEM NÃO GOSTA DE SANTIAGO E DO SEU CONCELHO DEVE CONTINUAR A VOTAR CDU/PCP...

Mais 40/50.000€ para o 25 de Abril 2010, e não tiveram 2.550€, para ficar com um simbolo, da História de Santiago do Cacém, e do seu Concelho...

UMA VERGONHA!!!

ESPERO QUE DIVULGUEM SEM MEDO!!!
A POPULAÇÃO TEM O DIREITO DE CONHECER ESTA REALIDADE...

Anónimo disse...

Não se preocupem TANTO...
Cuidado com os AVC's...

A CDU/PCP, vai continuar no Concelho de Santiago...não há ninguém de qualquer outro Partido, com "TOMATES", PARA FAZER FRENTE AOS COMUNAS...SÓ querem "poleiro", aparecer nas fotos e, protagonismo.
O "novo" Bloquista, tem como "OBJECTIVO POLITICO" contratos/DINHEIRO, para continuar a tocar, e ensinar, a pouca música, que sabe, e pode, e TEM CONSEGUIDO...Os PS´s, têm MEDO, e muito pouca inteligência...os PSD´s, são situacionistas, limitam-se a ESTAR e, o CDS, pràticamente, não EXISTE.

NÃO SE PREOCUPEM COM O "SINETE"!

É uma questão de mentalização e organização de vida: dorme-se em Santiago (Concelho), e VIVE-SE, sempre que se pode, noutro qualquer CONCELHO...NÃO HÁ NENHUM, PIOR...É FÁCIL ESCOLHER...

Anónimo disse...

Muito mal a CM Santiago nesta questão, e não menos mal estiveram todos os outros partidos com assento na assembleia municipal que nisto como noutras questões não mexeram os lábios nem pronunciaram uma só sílaba. Com politicos e partidos destes, o concelho está condenado a viver debaixo da vontade dos comunistas que sempre preferiram trabalhar para a populaça e o popularacho, que é o que dá votos, e estão-se nas tintas para a cultura e a história da terra.

Anónimo disse...

Sei de fonte segura ( e desculpem não revelar mais) que o Proença nem sequer quis falar com a LASAM, apesar das tentativas.
Vergonhoso, as figuras publicas desta região!

Anónimo disse...

Devemos evitar especulações e para tirar tudo a limpo seria bom que a LASAM viesse aqui explicar quais foram os passos que deu para tentar obter apoios oficiais para licitar o sinete com mais argumentos financeiros, nomeadamente apoios municiapais mas não só, porque muitas destas iniciativas devem ser apoiadas pelas entidades próprias sabendo-se que os particulares estão ainda pouco sensíveis a estas causas.
Pessoalmente julgo que foi uma pena o sinete não ter vindo para Santiago e em particular para o museu municipal. Também me parece que há dinheiro gasto noutras questões de menor importância, e que neste caso devia ter havido um esforço da autarquia. Mas acho que é preciso dar o benefício da duvida porque não sabemos como se passaram as coisas, nem os argumentos da CM para esse eventual desinteresse.

Anónimo disse...

Quando é que a População reconhece o óbvio...o VICTOR PROENÇA, NÃO PRESTA...é um bom empregado do PCP, mas como Presidente de Câmara é incompetente, mediocre, vingativo e insensível...

QUEM NÃO GOSTA DE SANTIAGO DEVE CONTINUAR A VOTAR NA CDU/PCP...

Anónimo disse...

Plos vistos ainda quem se espante com as apostas na área da cultura da CM de Santiago, uma coisa que já está mais do que vista há trinta e tal anos. Sinceramente alguém achará que esse tal sinete é coisa que dê votos? Vocês não viram ainda que a CDU só gasta dnheiro em coisas que à partida sabe que dão votos e assim mantêem o poleiro para eles e para os camaradas? Abram os olhos suas amélias! Cultura popular, tradições, património, é para deixar morrer neste concelho. A aposta é nas ritas pereiras, nos tonys carreira, nos malhoas, nos fernandos pereira, nos martinhos da vila e outros quejandos, que comem milhões de euros todos os mandatos que é assim que se lambem os votos da populaça. Há muito tempo que andamos a pão e circo.

Anónimo disse...

Pessoalmente já tou conformada há montes de tempo e nada disto me admira, porque basta ver as apostas do pelouro da cultura da cm para ficar-se com uma ideia do que é o conceito de cultura deste pessoal. Tem sido sempre assim desde 1974, e enquanto eles mandarem no concelho pouco mudará nesse campo. Aos poucos morre tudo, desde a cultura popular, ao património, etc, basta ver a incapacidade da câmara para com as ruinas Miróbriga ou o Castelo e não é preciso dar mais exemplos.

Anónimo disse...

Concordo em absoluto...

Acho até que o Concelho de Santiago e a maioria dos seus habitantes, merecem ter a CDU/PCP como "força politica" na Câmara desde 1974...
É um CASTIGO JUSTO PARA A PACIVIDADE, FALTA DE INICIATIVA E CONFORMISMO DE TODA A POPULAÇÃO...

Gostaria até que SANTIAGO DO CACÉM, fosse o ÚNICO CONCELHO COMUNISTA DE PORTUGAL...JÁ FALTA POUCO!...A POPULAÇÃO MERECE ISSO...

Anónimo disse...

Santiago é um gigante adormecido num sono de trinta e tal anos sem estratégia municipal. Está perto de bater no fundo!

Anónimo disse...

NOTA: EM 2011 O ESPECTÁCULO DO 25 DE ABRIL SERÁ EM VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ, INICIANDO UM CICLO DE ALTERNÂNCIA ENTRE SANTIAGO DO CACÉM E VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ.

É extraordinário o que acontece em SANTIAGO DO CACÉM, com a PASSIVIDADE, da População

Esta “Nota” (chamada de atenção), feita pela Câmara CDU/PCP, no Programa do 25 de Abril de 2010, é INQUALIFICÁVEL…

Quer dizer que em 2011, 2013, 2015, 2017, 2019, 2021, 2023, ETC...Não vai haver, na SEDE do Concelho, SANTIAGO DO CACÉM, “espectáculos” comemorativos do 25 de Abril, PATROCINADOS PELA CÂMARA MUNICIPAL (se continuar CDU/PCP).

Nesses anos, por questões, exclusivamente Politicas, as comemorações serão em Vila Nova de Santo André...Cidade cuja população, na sua maioria, foi OBRIGADA, a vir para a “Metrópole”, perdendo todos os seus haveres, precisamente, por causa do 25 DE ABRIL DE 1974…

É NO MINIMO, MUITO ESTRANHO!!!

PORQUE NÃO, NO CERCAL, EM ALVALADE, NAS ERMIDAS, EM ABELA, S.FRANCISCO, S.BARTOLOMEU, S.DOMINGOS, SANTA CRUZ, OU VALE D'ÁGUA?