8.25.2009

Câmara Municipal de Sines compra edifícios no Centro Histórico

O município de Sines aprovou a compra de dois dos edifícios mais importantes do centro histórico da cidade e o inicio da obras de requalificação da estrada de Porto Covo.
Trata-se do edifício dos antigos correios, na Praça Tomás Ribeiro, e do edifício do antigo Museu Arqueológico de Sines, na Rua Francisco Luís Lopes.
O edifício dos antigos Correios, foi adquirido pelo valor de 260 mil euros enquanto que o o antigo Museu ( a casa do José Miguel da Costa, criador e grande impulsionador do Museu, e a quem siens muito deve) custou aos cofres da autarquia 319 400 euros.
A aquisição dos antigos Correios permitirá a instalação dos serviços do Julgado de Paz e da Loja do Cidadão e o segundo integra-se nos objectivos do Plano de Pormenor de Salvaguarda da zona histórica. A importância da reabilitação do edifício para equipamento colectivo encontra-se sinalizada no programa de Acção para a Regeneração Urbana de Sines, cuja candidatura foi aprovada em Julho.
Foi também aprovado o lançamento do concurso para a reabilitação e reperfilamento da Estrada Municipal 554, que liga a estrada nacional entre Morgavel e Porto Covo,.
A Câmara decidiu atribuir “prioridade máxima” à empreitada depois de ter sido aprovada a candidatura a fundos comunitários.A nova estrada terá um perfil de 8m de largura e capacidade para a circulação de veículos ligeiros e pesados, prevendo-se a sua conclusão antes do início da próxima época balnear.
Consideramos que são boas iniciativas, apesar da função do antigo Museu não estar ainda definido, mas é um edifício de qualidade e que representa bastante na história de Sines.
Esperamos que a nova função dos antigos Correios venha trazer mais vitalidade e pessoas ao centro histórico e que sirva para motivar e modernizar o comércio nas imediações, que se encontra parado no tempo, e que sendo uma das zonas mais centrais e mais visitadas de Sines, não se compreende esta letargia e desinteresse dos lojistas.
Sobre a questão da estrada, que liga Porto Covo à EN 120-4, peca por tardia, pois liga a um dos destinos turísticos mais visitados do Concelho de Sines e do Litoral Alentejano, e que desde há muito tempo apresentava um estado de degradação e perigosidade vergonhoso para o Concelho e região.

24 comentários:

Anónimo disse...

José Miguel da Costa está praticamente esquecido em Sines, infelizmente. Ingratidão do pior que há de uma terra que lhe deve tanto. Só espero que estes dois prédios sirvam o centro histórico de Sines mas numa planificação mais alargada para revitalizar toda aquela zona que está morta, é insegura e mal frequentada.

Anónimo disse...

Não há fome que dê em fartura.Já no tempo do rei D.Dinis a esposa abriu-lhe o regaço,após indagação do monarca intrigado com o volume que a rainha transportava habitualmente, e disse-lhe "são rosas senhor;são rosas".Assim parece o âinda presidente da câmara de Sines e a sua "entourage".Não têm dinheiro para mandar cantar um papagaio mas agora...obras,compras,promessas,vale tudo.Nem sequer se sabe as funções que os edificios podem vir a ter.A não ser que haja algum compromisso entre o srº Coelho e o srº Socrates para perdão de dividas o que não acredito.Quanto à estrada para o Porto Covo é a maior vergonha do Litoral Alentejano pois o srºCoelho há anos que não quer o seu arranjo pois não lhe dá(aparentemente)votos.No dia em que eu tiver ali um acidente coloco o srº Coelho em Tribunal.

Anónimo disse...

Há muitas semelhanças entre Sines e Santiago, como é fazerem obras e gastarem balurdios de dinheiro em excentricidades e depois não haver dinheiro para obras básicas. O centro de artes de Sines e o auditório Chainho é um desses casos. Com a Sociedade Harmonia arranjadinha, em vez do auditório Chainho tinha-se feito um equipamento cultural em Santo André. Com os milhões gastos em concertos nestes 4 anos, tinham-se arranjado ruas, passeios, e muitas outras obras bem precisas no concelho. Mas a mania das grandezas dá nisto e hoje Sines e Santiago que bem podiam estar mais bem desenvolvidos, são concelhos desiquilibrados, endividados e parados no tempo por causa de gestões mediocres.

Anónimo disse...

Está à vista o post das 9:05.O autor e o propósito.São os bloquistas cá do burgo.Como o Pereira da Silva que em conjunto com o Mário Primo se tivessem decencia não pediam um cêntimo à câmara de santiago.Que filme é este?Sim o cartaz do BE com um filme.Porque não mostram outro filme.Aquele do Louçã lider do PSR em 1976.Até hoje sempre lider.Um ancião,um velho,um recauchutado da politica.Até o PC já teve três lideres diferentes.Irra que o que é demais cheira mal!Devia haver alguem com jeito a reproduzir um cartaz do filme do BE tendo como único actor o velho Louçã.

efernandes disse...

mas estes anónimos advogam que tipo de gestão?
Não quero dizer que a gestão actual seja boa mas, mudar para quem? Quem tem credibilidade suficiente?

Anónimo disse...

Se alguém me poder esclarecer digam-me quanto dinheiro gastaram as nossas cãmaras de sines e de santiago em musica, e espectaculos neste mandato?
Por exemplo quanto gastou a cãmara de santiago com o toni carreira, os anjos, o martinho da vila, o malhoa, a rita pereira, e outros mais ? Acham esse dinheiro bem aplicado num concelho com falta de tantas coisas basicas ?

Anónimo disse...

Se Santiago hoje é uma concelho moderno, com projecção nacional, com bons equipamentos, com uma extraordinária qualidade de vida, em muito se deve ao sr. Doutor Victor Proença e ao magnifico trabalho desenvolvido pelos autarcas da CDU, que não regateiam esforços e sacrificios a todos os níveis, trabalhando afincadamente semanas inteiras em prol das populações. Santiago do Cacém devia estar mais grata ao seu presidente de câmara, e estou convencida que um dia o Doutor Victor Proença ainda vai ter o seu nome numa das ruas da cidade.

Anónimo disse...

Façam-lhe uma estátua. Já agora é só o que falta. Lembre-se que se santiago é um concelho muito desigual entre os maiores aglomerados urbanos e a parte rural, isso é da culpa da gestão de 35 anos da CDU que só mostra serviço onde há mais eleitores.

Anónimo disse...

Mas afinal o post é sobre Sines e só falam de Santiago?Santiago ao deitar,Santiago ao pequeno almoço,Santiago à hora da minha sesta,Santiago à hora do futebol,Santiago a toda a hora...Chiça!Vacinem-se moços.Vacinem-se porque Santiago tem muita riqueza e está a trilhar um bom caminho.Gosto de cá morar,gosto de cá viver.Dizer-se mal da minha terra adoptiva é criticar a terra da minha filha e do meu marido.E isso não admito.

Anónimo disse...

Caros amigos,
O estado a que chegou Santo André e o concelho tem dois rostos: Ramiro Beja e Vitor Proença. Juntos governaram este concelho durante vinte e tal anos. E são eles novamente os dois principais rostos da candidatura da CDU. Se querem que o concelho continue no estado em que está é só votarem neles outra vez. Se querem que outros tentem politicas diferentes, votem noutros e especialmente naqueles com possibilidade de vencer. Acabem de uma vez por todas com o facto de ser o comité central do PCP a mandar no concelho e a meter na câmara marionetas que lhes obedecem como cachorros amestrados apenas para o partido manter o poder.

Anónimo disse...

Concordo com a senhora das 12:40.Já agora deixem-me meter uma colherzinha.A entrevista do candidato do BE, João Pereira Silva,ao Setubal na Rede revela a anedota.Sou de Santo André,conheço o candidato e a sua diligente mais que tudo e sei que o homem não conhece o concelho de Santiago.É que não conhece mesmo.Vai levar um baile.É bem falante,pomposo,mas não é candidato para uma câmara.

Anónimo disse...

Este anónimo ou tem falta de ouvido ou é mal intencionado. Eu ouvi a entrevista e fiquei com a impressão de que João Pereira da Silva conhece minimamente a realidade do concelho e os seus problemas. Concerteza que conhece melhor a terra onde vive do que Ermidas. Eu também conheço melhor Ermidas, onde vivo, do que Santo André. Normal,né? Fiquei até bastante agradado pelo facto do candidato do Bloco defender um concelho mais uniforme, porque esse é um dos grandes problemas do concelho. As desigualdades entre freguesias do interior e do litoral. Tratamento bastante diferente. Só não voto no Bloco porque só o PS pode acabar com gestão dos caramelos incompetentes da CDU, mas este candidato fica-me debaixo de olho porque simpatizei bué com ele.

Anónimo disse...

Sines ainda vai fazendo qualquer coisa que se veja, agora Santiago tem a sua zona historica numa lástima e completamente morta. Tão morta, tão morta como estão os corpos que compõem o cemitério no castelo que a CDU há 30 anos promete retirar e entregar o castelo à cidade e aos santiaguenses ao serviço do turismo. Ao lado, em Sines, o castelo está ao dispor do desenvolvimento do concelho. Em Santiago serve para enterrar os mortos, quando há dezenas de anos que este problema já devia ter sido resolvido.
Definição de CDU: engonhar, sem estratégia, sem ideias, sem soluções para os problemas, governar por governar, programas eleitorais por cumprir em mais de metade, interior e litoral com tratamentos diferentes e mais assimetrias, esbanjamento de dinheiros avultados em espectáculos e fogo de artificio, etc.

santiaguense disse...

Boas
Ir votar no Bloco, no PSD, e no CDS para a câmara é o mesmo que ajudar a CDU a continuar à frente da câmara de Santiago. Porquê ?
Porque esses partidos não têm qualquer hipotese de ganharem as eleições. Se querem acabar de uma vez por todas com mais de 35 anos de CDU na câmara, que todos já vimos que não têm estratégia, que não conseguem resolver os problemas do concelho, que não catapultam este concelho para outra etapa de desenvolvimento, só há uma hipotese: Votar no PS e no Arnaldo Frade, que é a unica candidatura com força e capaz de derrotar a CDU. A meu ver é tempo de dar uma oportunidade a outros e ver do que são capazes de fazer pelo concelho, porque 35 anos de CDU e de partido comunista a mandar na câmara, é muito tempo e tiveram já a oportunidade de dar uma volta pela positiva a todas as situações e problemas que nos afligem. Não conseguiram em 35 anos, acham que vai ser agora em mais 4 anos de mandato? Desenganem-se que eles não conseguem fazer melhor. Para além de que o Proença se vencer vai ao fim de um ano ou dois dar o lugar de presidente a Margarida Santos, porque ele já não se pode candidatar em 2013. Quem manda na câmara de Santiago é o partido comunista, e as opiniões nossas enquanto população, por exemplo para o orçamento participado, não lhes interessam para nada. Aquilo é apenas fingimento para dizerem que a opinião das pessoas conta, quando o que conta mesmo são as directrizes do PCP. Este concelho podia ser um dos mais ricos e mais desenvolvidos a nivel nacional, mas enquanto lá estiver a CDU e o partido comunista a mandar, nunca o seremos. Pensem bem nisto: porque é que o Zé Ferro se foi embora e disse tudo o que disse?
Porque é que o Sérgio Bento desistiu da candidatura um mês depois de se ter apresentado ?
Eles próprios já não se entendem, como é que podem eles ter cabeça para tomar conta deste concelho mais 4 anos? Abram os olhos, amigos!

Anónimo disse...

Já agora, depois de fazer uma estátua á sr.Dr. Vitor Proença, chamem-lhe PAPA e beijam o solo que ele pisa.
p.s. Sines, peço desculpa-não me consegui conter.

Anónimo disse...

"Os politicos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão".
Eça de Queiroz.

Anónimo disse...

Ou muito me engano ou o sr proença desaparece daqui com a mesma velocidade com que apareceu no concelho ganhe ou perca as eleições. Sendo funcionário do partido comunista, eles vão querer lançar o candidato de 2013 já durante este mandato e se ganharem as eleições ele vai-se embora e deixa o Bejinha ou a Margarida no lugar dele. Se perder as eleições (Deus queira que sim) julgo que embora na mesma. Para ser sincera nunca apreciei a sua forma de fazer politica nem vou à bola com o seu sorriso, e ainda por cima é um politico do aparelho comunista a cumprir directrizes.

Anónimo disse...

Pelo meio dos blogs referentes ao nosso Litoral Alentejano aparece um tal efernandes que advoga sempre uma questão interessante: Quem têm credibilidade para substituir o Victor na Camara de Santiago.
Pois bem, quando se fez o 25 de Abril que crédito tinham as pessoas que levaram a cabo uma grande transformação da sociedade Portuguesa pela positiva . Alguém os conhecia !
A cristalização do poder, corroí, abafa, tira as ideias aos opositores, instala-se um grupo de pessoas, principalmente nestas Câmaras pequenas, que para garantirem o emprego fartam-se de engolir sapos-vivos.Nós neste concelho precisamos de mudança, precisamos de novas ideias. Já estamos fartos da mesma música.
Claro que me vai dizer que o povo escolheu. Será !

Anónimo disse...

Onde podemos encontrar informação sobre os candidatos às freguesias e Câmaras Municipais? Nem sabemos quem são e o que fazem? Quais são os seus programas?
Devíamos ter esta informação num só sitio, não acham?
Isto sim era mais importante que o bate boca que por aqui vai.

Anónimo disse...

Penso que este blog prestava um bom serviço aos eleitores se mete-se aqui os programas dos candidatos nas câmaras do litoral alentejano e os videos das entrevistas do Setubal na Rede que estao disponiveis na net.

A.Lobo disse...

Este assunto já aqui está há muito tempo . Logo agora com as eleições autárquicas a fervilhar sabia bem comentar outras coisas ................

Anónimo disse...

Quem é a lista do PS à Câmara Municipal de Santiago?
Dizem que o Frade é o cabecilhaa, pois e o resto?
Pobre Frade vai acontecer-te o mesmo que ao Cascão quando levou um chuto do homem que o Sócrates enviou, ahahahaa, Alexandre o Grande!!!

Anónimo disse...

Ao anónimo das 10.54 respondo. Nem o concelho de santiago do cacém é um concelho moderno e nem o proença é doutor. oh homem em que mundo é que vc vive? no mundo da lua certamente.
O proença não vale nada mas olhem que o frade com aquela equipa fraquinhaaaaaaaa, sem força, credo, onde pensa ele que vai? ele pensa em segurar o tacho e para isso tem a ajuda do homem das cavernas que também tem nome de rosa. muito bem assim é que é. Agora até dizem que o homem que tem nome de rosa é uma pessoa muito importante que é presidente da cemal. que é isso ?alguma associações nova de socialistas desamparados? acontece que de socialistas desamparados e feios, e barbudos e oportunistas estamos fartos. temos cá gente capaz de tomar conta da coisa e correr com estes empecilhos. Volta Carlos Amandio estamos contigo

Anónimo disse...

Tenho a dizer que a CM de Sines ainda não comprou o imóvel de José Muigel Costa, tal como anuncia à população de Sines.