3.24.2009

Uma iniciativa do Hospital do Litoral Alentejano

Junto divulgamos uma importante iniciativa do Hospital do Litoral Alentejano:
31 DE MARÇO - DIA NACIONAL DO DOENTE COM ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC)
No dia 31 de Março assinala-se o DIA NACIONAL DO DOENTE COM AVC – ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL.
O Hospital do Litoral Alentejano vai organizar um conjunto de actividades direccionadas à população, a desenrolarem nesse dia, no período das 09h00 às 17h00, no Átrio da Entrada Principal.
Compareçam!
Faremos rastreios de: glicemia, colesterol, tensão arterial, índice de massa corporal, perímetro abdominal.
Zele pela sua saúde!
O Acidente Vascular Cerebral (AVC) provoca a destruição de parte do cérebro, causado pela existência de um coágulo que entope um vaso sanguíneo (Trombose ou AVC Isquémico) ou a ruptura de um vaso sanguíneo provocando uma hemorragia (hemorragia cerebral ou AVC Hemorrágico).
Na actualidade o Acidente Vascular Cerebral (AVC) tem uma grande incidência na população portuguesa e é:
- a principal causa de morte em Portugal;
- uma doença que pode ter consequências graves (alterações da sensibilidade, limitações da mobilidade, alterações visuais, podendo mesmo em casos mais graves tornar-se fatal);
- de origem genética e ambiental, cujos factores de risco permanecem desconhecidos;
- a doença neurológica que melhor se previne.
Os factores de risco que podem estar associados à ocorrência de Acidente Vascular Cerebral (AVC) são:
1 – Hipertensão;
2 – Diabetes;
3 – Colesterol elevado;
4 – Consumo de Tabaco;
5 – Consumo de Álcool em excesso;
6 – Obesidade;
7 – Sedentarismo.
No ano passado o Hospital do Litoral Alentejano, pelo Grupo de Implementação da Unidade de AVC’s e alguns colaboradores, organizou um conjunto de actividades direccionadas aos utentes que decorreram no dia 31 de Março, e que contaram com a participação de cerca de 350 utentes a quem foram feitos os rastreios dos factores de risco associados ao AVC.
Este ano, iremos ter, igualmente no dia 31 de Março de 2009, no período das 09h00 às 17h00, os rastreios de alguns factores de risco, destinado aos utentes que se desloquem ao HLA, em duas bancas situadas na entrada da Entrada Principal do HLA: glicémia; colesterol; tensão arterial; índice de massa corporal; perímetro abdominal.
Estas actividades contarão com a presença de profissionais de saúde que irão realizar os rastreios, prestar informações e entregar folhetos informativos.
Por volta das 11h00 irá ser apresentada uma demonstração de exercícios de prevenção, pelo Serviço de Medicina Física e Reabilitação do HLA.
É favor consultar: www.hlalentejano.min-saude.pt

2 comentários:

forasteiro disse...

Acho muito importante haver iniciativas deste género... O HLA a aproximar-se da comunidade.

Anónimo disse...

E agora com a criação da Cidadela de Saúde do amigo Victor ainda mais importância vai ter!