1.28.2009

Em Sines.

Aquilo que se vinha a comentar há algum tempo aconteceu: o Presidente da Câmara Municipal de Sines, Dr. Manuel Coelho desvinculou-se do PCP.
Afinal as moviemntações autárquicas não estão assim tão paradas e este acontecimento vem reequacionar o "xadrez" politico da região.
A nosso ver, e em nossa opinião, alguns dados:
Julgamos que o Dr. Coelho, se se recandidatar, voltará a ganhar.
E julgamos que melhor o faria se fosse como independente.
Será importante perceber quem, da actual equipa dele, o seguirá.
O entendimento politico e institucional que tem com Santiago do Cacém, um município PCP, e "cheio" de ortodoxos, irá sofrer alterações. Veremos o que acontecerá.
Também existirão alterações a nivel da AMLA, mesmo não havendo boas relações pessoais entre os presidentes da Câmara que lá tem lugar.
E um dado importante é o estado do PCP, ou seja, pelas declarações transcritas em baixo, mostram que é um partido retrógrado, sem um mínimo de ligação e respeito pelas populações e pelas realidades locais, em que apenas a disciplina partidária de obediência cega é reconhecida.
Poderá servir de lição á sobrante câmara comunista.
Transcrevemos algumas noticias dos jornais sbre este tema que ainda irá dar muito que falar.
Do Público:
Autarca de Sines sai do PCP, uma "organização estalinizada" com "disciplina de caserna"
Manuel Coelho, militante comunista há 35 anos, passa a ser independente; Jerónimo de Sousa responde-lhe que devia "devolver o mandato à CDU"
O presidente da Câmara de Sines, Manuel Coelho, que já se encontrava em rota de colisão com o Partido Comunista, anunciou ontem em conferência de imprensa, durante uma reunião extraordinária do município de Sines, que se tinha desvinculado do PCP no sábado, por estar farto de "recriminações e acusações" sobre o seu desempenho autárquico. Manuel Coelho era militante comunista há 35 anos. O autarca deste concelho de Setúbal passa agora ao estatuto de independente.O actual presidente da Câmara de Sines está prestes a terminar o seu terceiro mandato à frente da câmara do litoral alentejano. Nas autárquicas de 2005, a lista da CDU encabeçada por Coelho venceu com 54,7 por cento dos votos.Coelho revelou que a gota de água foi uma discussão que manteve com três dirigentes do partido, no passado fim-de-semana. O autarca de Sines afirma que era constantemente visado com "críticas e recriminações" que considerou "idiotas, absurdas, insuportáveis e não toleráveis", segundo a Rádio Sines. "Discurso retrógrado"Como exemplos dos "absurdos", Manuel Coelho lembrou as críticas de que foi alvo por estar presente nos "actos de cerimónia do primeiro-ministro" ou sobre "o que disse, ou quis dizer, em entrevistas sobre o interesse dos investimentos em Sines".Também o convite ao Presidente da República, Cavaco Silva, para estar presente em cerimónias oficiais no Castelo de Sines terá merecido reparos do seu partido, bem como as razões que terão levado o autarca a demitir "quadros superiores da câmara". Confrontado pelas observações críticas do partido que deixou de integrar, o autarca admitiu a necessidade que sentiu, ao fim de 35 anos, de fazer "uma análise dos fundamentos ideológicos, da estrutura, dos programas e das práticas políticas do PCP".A conclusão que retira, decorridos tantos anos de militância, é que o PCP "está impregnado de um conjunto de características típicas de organizações dogmáticas, com disciplina de caserna, que o tornam uma organização estalinizada, com práticas reaccionárias, envolvidas de um discurso pretensamente progressista, mas, de facto, retrógrado".Vereadores da CDU apoiamJerónimo de Sousa disse à Lusa que Coelho deveria "devolver o mandato à CDU". Durante uma visita à AutoEuropa, o líder comunista comentou ainda a hipótese de Coelho se recandidatar nas listas do PS: "Creio que de uma forma desdramatizada, tendo em conta o percurso dos últimos tempos em que [Coelho] se afastou claramente do projecto da CDU e, simultaneamente, o factor de aproximação ao PS (...) pode fazer a pergunta daqui a poucos meses que eu responderei com mais exactidão. O tempo, nestas coisas, clarifica."Em simultâneo com a resolução de abandonar o PCP, Manuel Coelho destituiu Albino Roque, militante comunista, do cargo de vice-presidente e retirou-lhe todos os pelouros. Outros vereadores eleitos nas listas da CDU, Carmen Francisco, Marisa Santos e António Nogueira, a quem foram atribuídas novas responsabilidades na gestão camarária, estão solidários com o presidente da câmara. Na reunião extraordinária estavam presentes dois vereadores do PS, com quem Manuel Coelho aprovou algumas propostas do executivo municipal contra os votos de vereadores da CDU.

Do Expressoonline:
Sines, Setúbal, 27 Jan (Lusa) - O presidente da Câmara Municipal de Sines, Manuel Coelho, eleito pela CDU, anunciou hoje a sua desvinculação do PCP, alegando "recriminações e acusações" do partido relativamente a decisões tomadas enquanto autarca.
"Tomei a decisão de me desvincular do PCP, no qual militava há mais de 35 anos", revelou hoje o autarca em conferência de imprensa, realizada no município.
Manuel Coelho, que está a cumprir o terceiro mandato à frente da câmara de Sines, disse ter comunicado pessoalmente, no sábado passado, a "três elementos dirigentes" do PCP, a sua decisão de se desvincular do partido.
"Esta decisão foi transmitida pessoalmente, sábado, após uma discussão semelhante a outras [ocorridas anteriormente] e que levou, inevitavelmente, a esta decisão", afirmou.
O autarca alega que, em reuniões partidárias, era alvo de "recriminações" e "acusações", as quais considera "absurdas, idiotas, insuportáveis e não mais toleráveis".
Como exemplo, Manuel Coelho disse ter sido questionado sobre os motivos pelos quais tem comparecido nos "actos de cerimónia do senhor primeiro-ministro" ou sobre "o que disse, ou quis dizer, em entrevistas sobre o interesse dos investimentos em Sines".
"Porquê o convite ao presidente da República para os actos inaugurais do Castelo ou porquê demitir determinados quadros superiores da câmara" foram outras das questões que, disse, têm sido suscitadas dentro do partido "ao longo dos últimos três anos", à sua gestão.
Estes factos, acrescentou, levaram-no a "uma análise dos fundamentos ideológicos, da estrutura, dos programas e das práticas políticas do PCP", com uma conclusão que motivou a desvinculação.
"Concluo que este partido está impregnado de um conjunto de características típicas de organizações dogmáticas, com disciplina de caserna, que o tornam uma organização estalinizada, com práticas reaccionárias, envolvidas de um discurso pretensamente progressista, mas, de facto, retrógrado", acusou.

27 comentários:

Anónimo disse...

Adivinha-se uma câmara de santiago cada vez mais uma ilha isolada no tabuleiro politico da região, e sem grande margem de manobra. Desconfio mais que o dr m.coelho vai ser candidato independente, depois de muitos anos a fio de ofensas e desconsiderações do ps de sines, não o estou a ver dobrar-se a alguns desses socialistas que ainda estão na comissão de sines do ps. Mas isto tudo, tá a tornar complicada a vida da câmara de santiago e do proença, logo ele tão orgulhoso. Orgulhosamente só, à boa maneira do salazar, é como isto vai ser daqui em diante ou muito enganada estou.

Fundamental e o Acessório disse...

A "cegueira" passa... mas pode levar 35 anos, ou é movimentação politica e vontade prepotente de poder?

o tempo o dirá...

Anónimo disse...

Parece que se segue o zé ferro, que já prometeu que nos próximos dias vai divulgar a sua saída do pc. Mas afinal o que é que se passa no partido comunista do litoral alentejano, que andam todos as avessas ?

Anónimo disse...

Pelos vistos as coisas já aquecem para os lados de Sines, enquanto em Santiago está tudo ainda morno, falando de politica, candidatos autárquicos, etc. Será que ainda vamos ter o Manuel Coelho como candidato do PS em Sines?

Anónimo disse...

vamos ver...Ele lá vai fazendo umas coisas.
Não se sabe quem paga,mas as coisas aparecem feitas.

Santiaguense disse...

Afinal onde é que andam os Frades, os Pedros do ó, e as Filomenas de Santiago Cacém, que ninguém sabe o seu paradeiro? Foram de férias e não voltaram? Ou faleceram para a política? E a malta do Bloco? Também desapareceram? Santiago Cacém, está morta politicamente!

Anónimo disse...

ISTO É A MANIPULAÇãO DO PCP NAS AUTARQUIAS, AGORA IMAGINEMOS O QUE SE PASSA NA INTERSINDICAL, SOBRETUDO NOS SINDICATOS DOS PROFESSORES.

Anónimo disse...

SÓ VENDO É QUE ACREDITO QUE O COELHO VAI ENTRAR NUMA CANDIDATURA SOCIALISTA, PORQUE SE O PCP É CONTROLEIRO NO QUE SE PASSA NAS SUAS CAMARAS, O PS AINDA É PIOR. AO PONTO DE SEREM CAPAZES DE A DISTRITAL IMPOR O COELHO CONTRA A VONTADE DA CONCELHIA. QUEM PENSA QUE O PS É MELHOR QUE O PCP, ESTÁ MUITO ENGANADO. A MÁQUINA SOCIALISTA É TÃO OU MAIS SALAZARISTA QUE OS COMUNAS. O QUE FAZ FALTA SÃO CANDIDATURAS INDEPENDENTES, QUE NÃO ESTEJAM VERGADAS A DOGMAS E ESTARATÉGIAS PARTIDÁRIAS QUE SÓ OLHAM AOS VOTOS E NÃO RESPEITAM AS POPULAÇÕES.

Anónimo disse...

por mim não percebo nada disto que cá para mim é só politiquices que não ajudam nada a região antes plo contrario só afundam mais isto do que já tá. Acerca de santiago é que não sabemos se o vitor proenca vai ser candidato outra vez nem quem é o cabeça de lista do ps que vai tentar derrubar os comunistas desta vez. acho que o arnaldo frade é bom candidato para isso.

Anónimo disse...

Maria dos Anjos Polícia, como cabela de lista do P. Socialista sff. Com o Frade não vamos lá. Nem pensar!

Anónimo disse...

Tretas. O Frade não ganha, então não se vê? onde anda o homem? e o PS, anda onde? Vamos gramar com o Proença outra ve´z.

Santos disse...

Olha olha, já estamos em pré-campanha. Estes xuxialistas não perdem tempo. Vocês querem é maminha mas de mim não levam nada.

Santos disse...

Mais valia o eng Cascão do que vinte Frades juntos, e eu digo isso sem ser xuxialista

de cá disse...

Bom, neste marasmo que se converteu o Alentejo Litoral este demissão provocou alguma agitação.
Sines pode ser interesante de observar. O resto não... talvez Odemira com estes recentes casos de corrupção.Santiago uma desgraça. Grândola paralesia.Alcácer parece merecer continuar

Anónimo disse...

O que eu acho é que Grandola, Odemira e Santiago estão muito àquem do que era esperado. São 3 concelhos completamente a 20 à hora, para o seu imenso potencial. Sines, mesmo em tempos conturbados politicamente falando, tem ainda assim obra considerável para mostrar. Claro, os outros concelhos tambem têm, mas anda tudo à velocidade da lesma e são obras que eram para estar feitas há décadas tal é o atraso que se foi acumulando. Santiago parece ser um caso perdido, cada vez mais, enquanto não mudarem as politicas autárquicas e os seus agentes no seu executivo.

Anónimo disse...

Colega "de cá"...marasmo??? Mas qual marasmo, isto parece é uma aldeia morta e enterrada. Todos falam mal destes da cdu, mas aonde é que estão as alternativas a estes? Estão adonde? Eu não vejo nenhuma

Anónimo disse...

Quando temos um concelho onde o zé ferro é o único protagonista politico que dá sinais de vida porque está incompatibilizado com o seu partido, não é preciso dizer mais nada sobre o estado moribundo dos politicos e partidos de santiago do cacém. O que é muito pouco para quem fala tanto mal da cdu e os quer apear do poder. Sobre o ps, começam a ser conhecidas grandes dificuldades para fazer listas em todas as freguesias e nalgumas delas a qualidade de alguns candidatos que vão sendo conhecidos baixa de mandato para mandato.

Anónimo disse...

Esta comissão concelhia do PS deixa muito a desejar e outros partidos são uma autêntica desgraça. Mas o PS é mais grave porque é o unico partido que podia derrotar a CDU mas assim não vai lá de maneira nenhuma. A gente vê por o país fora já tantos candidatos que são já conhecidos, alguns até já falam nos seus projectos, e aqui em Santiago não vemos nada. Bem, verdade se diga que é o que passa um pouco por toda a região no geral o que é lamentável porque era já altura de se conhecerem ideias, projectos, candidatos, etc.

Anónimo disse...

Para mim o Emplastro de Santiago vai ganhar a próxima ronda!

Anónimo disse...

Fala-se que o prof. doutor Carlos Beato foi eleito presidente do pólo de desenvolvimento turístico do litoral alentejano. Desta é que eles metem o resto nas mãos da Sonae e noutros afins.

Anónimo disse...

O melhor amigo da cdu é esta gestão do arnaldo frade dos socialistas de santiago cacém. Não deve estar lá muito tempo por o que se vai ouvindo

Anónimo disse...

Até este Beato já foi promovido a catedrático, vejam só aonde chega delirio desta gente!

Anónimo disse...

Como já tem Beato no nome, vão ver que não demora que para além de professor doutor ainda lhe abrem um processo de beatificação no Vaticano. Quando o turismo da região é entregue a esta gente, é de esperar o pior, nomeadamente a algarvenização do litoral alentejano.

Santiaguense disse...

Onde é que anda a oposição que tanto mal dizem do Victor Proença? Onde é que andam as ideias de politicas alternativas ? Onde é que andam os polticos que almejam ser presidentes da câmara ? Onde é que andam os partidos, tipo PSD, PS, PP, e Bloco de Esquerda?

Anónimo disse...

A vida é muito misteriosa....
Nunca sabemos o que virá depois.
Como disse o outro: Prognósticos só depois do jogo (neste caso das elecções!)

forasteiro disse...

Se em sines os xuxialistas andam pelas ruas da amargura, pendurado em gente que já disse mil e uma vezes NÃO, em santiago nem sequer existem e é mais grave até a posição dessa gente.
Foi-lhes oferecido pelo Presidente alguns pelouros para que pudessem de alguma forma contribuir com as suas inteligentes ideias para o progresso do concelho. NÃO ACEITARAM!...
Se tivesse sido eleitor dessa gente eu próprio lhe iria pedir contas.
Como quererá e poderá essa gente algum dia governar algo público?
Frade? Só diz asneiras mas o seu taxinho tá assegurado como comissário político de socrates...

Anónimo disse...

ahahahaha então também aqui tem a visita do COMUNISTA Siniense FORASTEIRO que bela prenda vocês aqui tem a comentar, vão por ele que vão parar bem longe o homem não diz 2 seguidas, e agora anda a estrebuchar com a saida do Coelho ( euclipto, seca tudo à sua volta).Mas pelo o que aqui já li vocês também tem aqui uns quantos forasteiros assanhados, eles ainda não se deram conta que estão a desaparecer...rsrrsrsrs

Passem bem