9.25.2008

MEP premeia escola secundária de Santiago do Cacém

Do "Público" de 25.09.2008, transcrevemos a seguinte notícia:
Nem tudo é mau no Litoral Alentejano e, em particular, em Santiago do Cacém, mesmo que o galardão tenha sido atribuído por um partido praticamente inexistente e este prémio ter um valor relativo.
Mas os factos falam por si e devemos considerá-los positivos e de molde a incentivarem as entidades, empresas e pessoas do Litoral Alentejano na contínua procura da qualidade, da valorização da região e das pessoas, da diversidade e do humanismo.

O partido Melhor é Possível (MEP) criou um ranking alternativo para as escolas portuguesas, que vai premiar um estabelecimento de ensino em Santiago do Cacém. A ideia não foi avaliar a "excelência", mas sim quem, "em contextos hos-tis", conseguiu "resultados notáveis" pela evolução registada nos últimos sete anos. O resultado deste exercício será hoje apresentado, numa cerimónia de entrega de troféus, às vinte escolas que mais melhoraram, organizada pelo MEP.
O galardão mais importante caberá à Escola Secundária de Manuel da Fonseca, em Santiago do Cacém, que desde 2001 até ao ano passado subiu 307 posições no ranking das escolas com melhor média nas notas de exames do 12.º ano. Ocupando o 21.º lugar em 2007, a Manuel da Fonseca tornou-se a única instituição dentro das 30 melhores fora de Lisboa, Porto e Setúbal.
De acordo com o presidente do conselho executivo da escola, Filipe Fino, a razão do sucesso está quer numa atenção privilegiada a cada aluno, quer na preocupação com as condições dos professores. Entre outras medidas, a direcção da Manuel da Fonseca concebe um horário semanal "de modo a promover a conciliação da profissão com a vida pessoal e familiar" dos professores. Filipe Fino adiantou ainda que os alunos da Manuel da Fonseca inserem-se num contexto socioeconómico "médio baixo" e têm "origem em famílias cujas profissões estão ligadas ao tecido industrial de Sines, no tecido agrícola e nos serviços".
Para o líder do MEP, Rui Marques, o prémio atribuído tem um valor acrescentado relativamente aos rankings que todos os anos são elaborados. Enquanto estes "são desmobilizadores para quem nunca poderá atingir o topo da tabela", o ranking da progres-são permite que todos possam ser "melhores" - "e o país precisa que to-dos assumam o desígnio de serem sempre melhores".
No final de Agosto, o partido liderado por Rui Marques, antigo alto comissário para a Imigração e Minorias Étnicas, havia já divulgado outra tabela com o objectivo de rebater a tendência "hipercrítica" de muitos portugueses. O MEP Pequim 2008 premiou 19 atletas que "concretizaram a ambição de serem melhores" nas últimas Olimpíadas.

6 comentários:

Anónimo disse...

Uma boa notícia. Parabéns à escola Manuel da Fonseca e ao seu pessoal.Oxalá estes exemplos possam ser multiplicados noutras áreas do litoral alentejano.

Anónimo disse...

Excelente iniciativa do MEP. Mostra bem como tudo depende de um olhar inovador, capaz de mobilizar as pessoas para serem melhores.
Todos nós sabemos o quanto foi estimulante no passado um professor dizer-nos que acreditava em nós. Ou o contrário, todos sabemos quanto foi desmobilizador que um professor nos desse a entender que não acreditava nas nossas capacidades.
É assim, e com muito trabalho, que se construirá o Portugal do futuro.
Eu votarei neste partido novo!
Rui Gonçalves, Coimbra

Anónimo disse...

Parabéns à Escola Secundária de Santiago do Cacém, nesta excelente iniciativa do MEP, em fase de grande afirmação política na sociedade portuguesa. Pena que os media não tenham estado mais atentos e, neste caso concreto, o jornalista não tenha feito bem o trabalho de casa. Se o tivesse feito saberia que MEP quer dizer Movimento Esperança Portugal e que Melhor é Possível é o lema do novo Partido.
Com a projecção nacional que o MEP atingirá nos próximos meses, aposto que dentro em breve já ninguém se vai equivocar.
É que o MEP veio para ficar e ajudar a mudar o país. "Habituem-se!", como diria um conhecido político da nossa praça.
AR

Anónimo disse...

Com mais apoios e noutro enquadramento, este tipo de noticias seria fácilmente multiplicado no Litoral Alentejano em muitas outras áreas porque temos por cá gente muito competente e com dinâmica para dar um novo impulso a esta região pena é que muitas dessas pessoas estejam postas de parte ou não tenham o carinho que deviam ter.

Anónimo disse...

Decorre a partir de hoje e até domingo mais uma edição da Feira nova de Outubro em Alcácer do Sal... não deixe de visitar!!!

Fundamental e o Acessório disse...

Congratulo a Escola Manuel da Fonseca, e aconselho as outras escolas do Litoral a seguirem este exemplo.
Sem educação não vamos a lado nenhum.