7.30.2008

Personalidades do Litoral Alentejano -Um desafio

Tem vindo aqui à discussão algumas "personalidades" da nossa região e o que tem feito, ou podem fazer, ou ainda deviam fazer no e para o Alentejo Litoral.
Todos sabemos que existe muita gente que gosta e se empenha por este pedaço de terra, este conjunto de gentes, saberes e culturas.
Uns mais próximos das luzes da ribalta e da divulgação, e outros mais discretos, ou modestos, que fazem, ou fizeram, muito trabalho, afastados das multidões e da satisfação pública.
Muitos deixaram obras, nomes de ruas, memórias e outros foram sendo apagados no pó dos tempos e apenas restam na lembrança de alguém mais idoso ou directamente beneficiado.
Não querendo nós fazer um concurso ou passatempo para eleger o melhor, ou o maior, ou o mais importante "Alentejano Litoral" (só a denominação já é complicada) queremos lançar o desafio de se criar uma galeria que propomos chamar "Do nosso orgulho" (mas também se aceita outras sugestões para este conjunto de talentos) sendo alguns, a mais elementar justiça a sua lembrança e nomeação.
Aceitamos sugestões e deixamos já aqui alguns nomes:
Vasco da Gama, figura maior da nossa navegação, Pedro Nunes, génio matemático, Manuel da Fonseca, expoente do neo realismo, António Chaínho, mestre na guitarra portuguesa, Camacho Costa ou o Trio Odemira, grandes nomes do espectáculo, Al Berto, poeta de razoável qualidade, António Inácio da Cruz, benemérito grandolense, ....
Esperamos mais nomes!

17 comentários:

uma santiaguense disse...

Tem havido muita gente boa que ao longo dos tempos tem dado bons contributos a Santiago e à nossa região. Estou-me a lembrar do Dr. João Cruz e Silva, do padre António Macedo que deixaram a sua marca no concelho, uma marca que vai além de Santiago. A D. Amália foi muito importante no museu municipal, museu esse que já era tempo de ser substituido por um edificio de raiz onde possam brilhar todas as colecções do museu porque a antiga cadeia já não tem condições para tal. O prof. Dinis Silva no Desporto tem tido um papel importantissimo no concelho e na região. O Dr José António Falcão é uma pessoa a quem Santiago muito deve. O prof. João Madeira tem sido também uma personalidade importante para a região, na qualidade de historiador. O arqtº Lobo Vasconcelos também merece destaque. O Dr Luis Silva do Ó também tem feito coisas por Santiago. O José Matias na molinologia. Raul Oliveira, o decano do jornalismo da região. O padre Malvar da Fonseca tem uma obra que fala por si. Enfim, outras pessoas mais de grande valia existem que têm vestido a camisola da região uns numa área outros noutra, muitos deles até com prejuizos pessoais e tirando tempo à familia que eu tenho imensa pena que não lhes sejam reconhecida essa dedicação. Graças a Deus não é por aí que esta região não avança.

@lcácerdosal disse...

João Branco Núncio. Toureiro afamado nascido e criado em Alcácer do Sal.

@lcácerdosal

Anónimo disse...

O Dr. João Carlos Faria arqueólogo nascido em Alcácer do Sal e precocemente desaparecido. São as pessoas que fazem a diferença.

Anónimo disse...

João Carlos Faria, em Alcácer também é uma referência a ter em conta.

Elisa Spencer Balacó disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Assino por baixo de todos estes posts porque realmente todas essas pessoas fizeram e fazem coisas importantes pela região.

Anónimo disse...

O mais engraçado é que a esmagadora maioria destas individualidades trabalharam de graça pela sua região, o que nenhum destes senhores que está à frente das câmaras alguma vez fez nem fará. Caso não fosse o tacho, nem sabiamos que existiam! Curioso, não?

João Santos disse...

Estou de acordo com o que escreveu a "uma santiaguense". Juntem estes nomes todos e comparem-se com os politicos que temos na Câmara.

A entrevista do José Ferro mostra bem o que se passa no PCP de Santiago. Apetecia-me perguntar porque esta entrevista é gravada pela Rádio Sines e a Antena Miróbriga como rádio mais importante da região não entrevista o José Ferro.

de cá disse...

Acrescentaria o nome do Conde do Bracial,que promoveu a construção do Hospital de Santiago do Cacém.
Ou do Conde Avillez,que troxe o primeiro automóvel para Portugal e para Santiago do Cacém.

Anónimo disse...

devia-se dar nomes de ruas a estas pessoas que ainda não têm, livros biográficos sobre elas, publicar algo que tenham deixado e tenha interesse, criar percursos com os lugares que frequentaram para lembrar um pouco do seu tempo. tou a falar dos que já morreram como é logico.

V Gama disse...

Gostaria de acrescentar o Prof Arnaldo Soledade e o José Miguel da Costa, de Sines

Anónimo disse...

Para mim o cidadão mais importante seria o Sr. Ramiro Beja.

escangalhado disse...

Já agora o mouro Kássem ou a D.Vetaça....................

Anónimo disse...

Bernardim Ribeiro...julgo que do Torrão.

Anónimo disse...

Bernardim Ribeiro...julgo que do Torrão.

Anónimo disse...

Olhem só a lista das pessoas que têm tido importancia nesta zona importante do país. Olhem agora bem e vejam se está lá algum politico destes que só vieram para cá para mamar porque de graça nenhum deles fez nada, nem vão fazer.

Murcanologo disse...

Já agora, ponham lá o Emplastro de Santiago!
Não sabem quem é? vejam as fotografias que aparecem nos jornais do Litoral e ficam logo a saber.