7.16.2008

Alentejo revela em Espanha os seus tesouros de arte sacra

Mais uma vez vemos os nosso tesouros reconhecidos internacionalmente...
A única cabeça-relicário do espanhol S. Firmino, depositada em Beja e desconhecida pelos espanhóis, está a despertar interesse no país vizinho, já que é um dos "tesouros" de arte sacra do Baixo Alentejo que vão ser revelados em Espanha. Além da que está no Convento da Conceição de Beja, "não se conhece outra cabeça de S. Firmino", patrono do município espanhol de Pamplona, na comunidade autónoma de Navarra, e cujas festas taurinas em honra do santo são célebres, disse ontem à Lusa o director do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, José António Falcão.
O desconhecimento pelos espanhóis da existência da cabeça, salientou, "está a despertar o interesse do governo de Navarra e do município e da arquidiocese de Pamplona, que vão prestar uma homenagem especial ao seu santo protector", durante uma exposição que vai mostrar a peça em Espanha. Através da mostra integrada no programa da Expo-2008, a decorrer em Saragoça, a Diocese de Beja vai revelar, até 18 de Agosto, tesouros de arte sacra provenientes de igrejas, conventos e museus do Baixo Alentejo. Ao contrário de outras iniciativas associadas à Expo-2008, a mostra, intitulada Um Rio de Água Pura -Arte Sacra do Sul de Portugal, será distribuída pelo Palácio de Aguilar e pelos museus Arqueológico e da Colegiada de Santa Maria no município de Borja, naquela província.

17 comentários:

Anónimo disse...

Este Jose Antonio Falcão dava um bom vereador da cultura em santiago cacem. Só que tinha era que desfazer-se de grande parte do pessoal que está lá no pelouro e mais alguns nabos que andam ali pela camara sem se saber o que é que fazem se é que sabem fazer alguma coisa para além de levantar o ordenado todos meses

Lidia Santos disse...

Outra grande iniciativa da Diocese de beja a quem endosso os meus parabéns sinceros. As maiores felicidades ao prof. Falcão.

Anónimo disse...

Este Falcão dava era bom Presidente da Câmara, mas deve ser demasiado inteligente para nem se aproximar disso.

Anónimo disse...

Miróbriga devia ter uma candidatura a património da unesco.

Anónimo disse...

Falcão a presidente da camara não era má ideia não senhor. Na cdu duvido que se meta, no ps também não acredito. Só se for candidato pelo psd. Mas duvido muito que se meta na politica

Anónimo disse...

Quem é o Tal Falcão? Uma sumidade que nunca ouvi falar dele!

Anónimo disse...

Era interessante que alguém saiba explicar o comunicado que foi metido hoje no site da câmara municipal onde o proença está revoltado com o nível em que foi classificada parte antiga de santiago cacém. Alguém que saiba analizar o que é que aquilo significa e se é importante para santiago cacém ser do nível 1 ou do nível 2.

@lcácerdosal disse...

Olá a todos, sou habitante de Alcácer do Sal e aprovei-to para anunciar a todos vós que se irão realizar tres importantes inventos aqui na cidade de Alcácer do Sal:

- Dia 26 de Julho a II Romaria e Procissão no rio Sado a partir das 21 horas com missa na Igreja de Santa Maria do Castelo seguindo-se a procissão no Rio com a precença dos pescadores e a participação dos dois galeões do municipio.

- Programa: "Verão Total" emitido pela RTP 1, dia 31 de Julho, a partir das 10 horas na praça Pedro Nunes e na Ponte Pedonal
Esta emissão irá estar em directo durante seis horas a partir de Alcácer do Sal numa emissão dedicada ao concelho, onde vão passar nomes conhecidos da televisão e muitos rostos do concelho.

- II Semana da Juventude 2008, Dias 1, 2, 3 de agosto com ENTRADA GRATUITA. Mais informações em:

http://www.alcacerjovem.com/


Apareça em Alcácer do Sal e disfrute desta magnífica cidade

Anónimo disse...

Parabéns a alcacer do sal, a minha linda terra, que lentamente vai subindo degraus entre os concelho do litoral alentejano. Havemos de lá chegar, porque temos todas condições para isso. Mais nenhum concelho tem uma vila sem ser a capital do concelho com o importância do Torrão, nem uma aldeia tão pitoresca como S.Susana.

@lcácerdosal disse...

está um erro no meu post: onde se lê inventos deve-se ler eventos...

obrigado a todos...continuem a mostrar o melhor do litoral alentejano... Desde Alcácer do Sal, passando por grandola, santiago do cacem, sines e Odemira,...

@lcácerdosal

Vilela disse...

A minha reclamação hoje é sobre o blogue. Acho que devia ter artigos de opinião para comentarmos e não apenas noticias. Ultimamente metem-se aqui noticias e depois comentamos mas acho que podia haver também artigos de opinião sobre muitos assuntos do alentejo litoral.

Alentejo_SW disse...

Caro Vilela
Concordamos consigo e este forum está a aberto a quem quiser enviar esses mesmos artigos de opinião.
Ou como "post" ou enviando para Alentejo_SW@hotmail.com.
Penitenciamo-nos de por vezes apenas colocarmos noticias que nos parecem interessantes e não produzirmos mais "conteúdos", mas o tempo, hoje em dia, é escasso. A sugestão está dada e por nós...vamos continuar a tentar melhorar esta tribuna de informação/discussão.

santiaguense disse...

Não deixo de dar alguma razão ao vilela, mas o blog avisa que também é um local para informar do que cá se vai fazendo. Mas tudo bem, talvez também fosse interessante o bloguer de tempos a tempos colocar textos próprios como é próprio dos blogs e depois cada um comentava se quisesse.

Anónimo disse...

mas quem é o tal
Faalcão? Ganhará ao Proença^?

Marina disse...

Sim, de vez em quando acho que sim. Porque as noticias só nos contam um lado da realidade e se for uma pessoa que saiba pode ajudar-nos a ver outros pontos da realidade.

Anónimo disse...

um blog é um blog, um site de notícias é um site de notícias. aqui pode haver as duas coisas sem problema nenhum. portanto mais artigos pessoais para haver um certo equilibrio.

Anónimo disse...

Felizmente há uma mão cheia de pessoas em santiago com tarimba para o lugar de vereador da cultura da CMSC, muito mais capazes do que esta vereadora. Santiago, graças a Deus, não precisa de importar Margaridas de lado nenhum, que não veio para cá acrescentar nada e quando for embora não deixa saudades a ninguém.