1.29.2008

Pinheiro da Cruz dá origem a turismo de luxo

Aqui no blogue a 7.12.2006 escrevemos o seguinte:
E quando se julgava que o o autarca Carlos Beato tinha chegado ao fim dos metros quadrados para construir, eis que tem uma ajuda preciosa, mais uma vez dos companheiros de partido no Governo.O ministro Costa, da Justiça, anuncia que iria retirar as prisões de dentro das cidades (!) entre elas o Pinheiro da Cruz (!!!!)Alguém devia levar o ministro Costa ao Pinheiro da Cruz para ver a "cidade" que lá existe...ou então nesta febre de mudança socialista a própria definição de cidade já mudou e não demos por nada!Ou seja...os amigos são para as ocasiões e o autarca Carlos Beato certamente que agradecerá ao ministro Costa este milhares de m2 que poderá em breve lotear, vender, construir...com grande beneficio(!) para a população de Grândola...
Passado um ano, parece que o nosso palpite deu certo....vejamos o artigo publicado no Diário de Notícias de Domingo 27 de Janeiro de 2007:

O Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz (EPPC) vai dar lugar a uma unidade turística de luxo em pleno Litoral Alentejano. E não faltam interessados na aquisição dos terrenos, propriedade do Estado. Segundo apurou o DN, os grupos Amorim, Pestana, Espírito Santo e Sonae, já com investimentos no concelho de Grândola, estão na corrida, à qual, nos últimos dias, se juntaram empresários espanhóis.O entusiasmo dos potenciais investidores cresceu na última semana, quando se confirmou a deslocalização do presídio para Canal Caveira, também no concelho de Grândola. Segundo uma fonte próxima do processo, as verbas obtidas com a alienação do EPPC deverão compensar o investimento na futura cadeia, de 50 milhões de euros.Embora ainda não haja uma estimativa sobre o valor dos terrenos de Pinheiro da Cruz, imobiliárias contactadas pelo DN asseguram que o facto de se tratar dos "melhores" três quilómetros de frente atlântica, (de um total de 50), vai inflaccionar esta operação, que conta com o apoio da autarquia, embora com algumas condicionantes.O presidente do município, Carlos Beato, está disposto a viabilizar a operação urbanística que se avizinha, mas avisa que a autarquia "não vai autorizar nada" que não se compagine com o que está previsto no Protali (Plano Regional de Ordenamento do Litoral Alentejano) e que neste caso terá o mesmo tratamento dado aos outros empreendimentos que estão a avançar no concelho. Como tal, o município garante que só vai autorizar a construção numa área limite de 300 hectares, esclarecendo Carlos Beato que "quem comprar até pode adquirir a totalidade do 1500 hectares", sabendo à partida que haverá limites à edificação, alertando que aquela é área rústica e que terá de manter esse estatuto.Carlos Beato revela que esta operação não obriga a mexidas no Plano Director Municipal, sustentando que competirá ao Estado estabelecer um modelo de desenvolvimento para Pinheiro da Cruz, que depois "será aprovado, ou não, pela autarquia". O edil admite ser favorável à deslocalização do estabelecimento prisional, em nome de uma frente turística, que aquele autarca ambiciona vir a ser de "excelência".Este responsável refere que a futura unidade integra um rol de investimentos, que se erguem no concelho, criando 18 mil camas turísticas e 7900 camas residenciais.Entre os grandes projectos encontra-se o Troiaresort, um investimento de 500 milhões de euros, que junta os grupos Amorim, Pestana e a Sonae, disponibilizando dez mil camas turísticas e 4500 residenciais. Este empreendimento estima criar 2500 postos de trabalho.Para a Herdade da Comporta, o grupo Espírito Santo está a investir mil milhões de euros em mais de dez mil camas e seis mil novos empregos. Os projectos que vão mudar a face a Grândola prosseguem em Melides, com os empreendimentos da Pelicano e Costa Terra. O primeiro contempla um investimento de 200 milhões de euros e promete acrescentar três mil camas ao concelho, criando cem postos de trabalho, enquanto o Costa Terra prevê criar 2700 camas e 1200 postos de trabalho, num investimento de 480 milhões.
(fonte http://dn.sapo.pt/2008/01/27/economia/pinheiro_cruz_origem_a_turismo_luxo.html)
O autarca Beato agradece aos camaradas do PS (tal como António Costa em Lisboa, com os terrenos da frente ribeirinha) e vai conseguir betonar mais um pouco o Concelho de Grândola (não esqueçamos que a nova prisão irá ser construída...logo somaremos esses milhares de metros quadrados ao futuro empreendimento turístico de "excelencia")
Realmente já não há vergonha!

15 comentários:

Asdrubal disse...

Ena, ena tanta cama e tanto emprego. Com este ritmo qualquer dia acaba-se com o montado em Grandola, um dos pulmões do litoral alentejano. Coisa que não deve preocupar o presidente Beato que fica para a história do concelho como o presidente amigo do betão.

de cá disse...

Se calhar devia-se passar a chamar Carlos BEATÃO....ou Carlos Betão

USS disse...

Afinal em que ficamos?
O Homem será família do Ferreira do Amaral?

Marina disse...

Acho bem que venham mais empregos para a região, mas se isto for tudo por diante qualquer dia isto mais parece o Algarve. Ora se lá as pessoas já acham que foram feitas montes de asneiras não seria olhar a isso e tentar evitar fazer cá o mesmo ?

Anónimo disse...

Como foi possivel o PS inscrever 50 milhões em PIDDAC para a transferência da prisão. Não acredito que a câmara de Grândola esteja acompanhada apenas pelos grandes grupos económicos.Há certamente gente fortemente compremetida a abrir terreno para viabilizar o negócio de milhões.Pessoas muito bem colocadas politica e partidariamente que querem lucrar muito.Por outro lado tanto interesse no turismo e já alguem ouviu o Beato falar uma unica vez na co-icineração no Outão e os perigos que trará para todos nós que vivemos a sul?

santiaguense de gema disse...

Sem duvida que o presidente Beato numa eleição sobre o concelho mais betonado do sul do País ficava sempre num lugar do podio. No Litoral ALentejano a medalha de ouro está garantida com a de prata para o presidente Paredes, mas muito próximo de a perder para o presidente Proença. É uma luta muito disputada. Agora mais a sério, é claro que não podemos querer que o alentejo litoral seja transformado numa reserva de indíos, onde não se pode construir nada, mas penso que tem havido pouco senso na aprovação destes projectos enormes muito desproporcionados e sobretudo com fortes impactos na nossa vida enquanto habitantes. Podia na mesma haver projectos turísticos mas algo menos pesado e menos denso do que aquilo que vai haver.
Julgo que isto só interessa mesmo aos empresários porque tenho muitos ses se vai dar para criar riqueza na região.

Anónimo disse...

Não me importava nada que o Alentejo permanecesse uma 'reserva de índíos'. Reserva de uma pura beleza tão apreciada. Beleza que tanto precisamos para evoluir. Nos filmes de cowboys eu apaixonava-me sempre pelos índios. Neste filme do oeste, e sua conquista... quem são os maus?

escangalhado disse...

Ao ver tanto projecto, tanta construção, tanto posto de trabalho, mais deslocação de empresas, mais transporte de betão etc, qual será a opinião do insigne presidente da AERSET Associação Empresarial de Setubal, e desta associação de classe, sobre assunto que tanta "riqueza vai criar" ?
Será que a "intensa, profíqua e de assinalável sucesso" actividade agricola e pecuária que o Dr. António Capoulas desenvolve no Litoral Alentejano não lhe deixam tempo para emitir opinião sobre esse assunto no qual deveria estar na linha da frente ?
Ou será que quererá "arrastar" ainda mais betão e "criação de riqueza" para o mesmo Litoral Alentejano a coberto de negociatas no qual é mestre ?

Anónimo disse...

Com que então o autor do blog escondeu o meu comentário sobre quem merece a medalha de ouro e a frente ribeirinha?E deixa publicar comentários contra pessoas que querem o progresso?Garanto-lhe que vamos descobrir quem são os cobardolas que ofendem impunemente.

Alentejo_SW disse...

Não foi recebido nenhum comentário sobre que merece uma medalha de ouro e sobre a frente ribeirinha.
Pedimos a que o enviou que o reenvie outra vez para aqui ou para Alentejo_sw@hotmail.com.
Obrigado

Anónimo disse...

Mesmo por vezes fugindo ao tema do moderador do blog, parace-me que tudo aquilo que se diga sobre quem tem interesses nesta região e que por vezes não é coerente, ou seja quando os interesses colidem com outros interesses, se deve usar este precioso meio de comunicação, mesmo que por vezes as pessoas tenham de se refugiar no anonimato, pois sempre se salvaguardam, e nestas coisas há muita gente a querer prejudicar. No que me toca, irei continuar no anonimato e na senda de demonstrar que aquilo que se passa dentro da Câmara de Santiago não condiz com a "verdade" que o executivo camarário tranmite. Aqui, neste sitio somos já alguns, poucos, mas suficientes para mostar que nem tudo são rosas. Certamente que perceberão as razões do anonimato. O que conta é trazer para a opinião pública, que dentro da Câmara o descontentamento avança, mesmo com as grandes "prendas" do Senhor Presidente. Estaremos atentos. A CDU que se lembre dos seus pés de barro antes de criticar os outros à sua volta. O Vitor Proença e o seus executivo tem contas a ajustar com quem neles acreditou, ou será que irão desaparecer no próximo acto eleitoral, tal como D. sebastião numa manha cinzenta?? E a D. Margarida, que poderá dizer aquando dos debates eleitorais? que projectos culturais, que iniciativas?, ou será que só tem iniciativa para o "bota abaixo"? gostaria de ver aqui um grande debate sobre a gestão da autarquia de Santiago do Cacém, sendo que será em principio neste concelho que irei votar

USS disse...

Este último anónimo é de uma piada atroz.
Escua-se a sair do anonimato por razões que ele saberá mas não tem pejo em falar das pessoas, levantando ondas sem provar seja o que for relativamente à Camara de Santiago do Cacém. É um eleitor novo pelos vistos que, pelo tipo de conversa dá para perceber quem é, mas esteja sossegado que eu também não lhe vou descobrir o rabo.
Só lhe quero dizer uma coisa para não entrar em outro tipo de discussão:
A ser verdade o que diz dos Autarcas, a serem graves as suas actuações, ao não dizer onde e quando eles defraudaram os cidadãos, enfim, ao não dizer coisa nenhuma mas ao insinuar, é cúmplice do que acusa os outros e como tal quando diz que os cidadãos vão penalizar os autarcas, acho bem que o façam se for verdade o que diz.
Você será sempre cúmplice, quer queira ou não!
Assuma-se homem de h

escangalhado disse...

Ninguem esta a ofender ninguem mesmo usando nomes e apontando os cargos.Ninguem precisa de vir para aqui fazer acusações baratas e torpes.
Para isso existem muitos outros sitios "divertidos".
O que se pretende aqui é discutir, apontar, criticar,levantar questões mesmo que criem polémica e se para isso, se tiver de apontar nomes, então venham eles. Todos.
Com todas as letras.
Quem se sentir mal pode sempre fazer como da primeira vez.Sair e deixar os outros fazerem o que bem entendem .
Agora jamais deixarei de apontar "quem quer o progresso a troco de negociatas" sendo que esse "progresso" seja feito a partir de ilegalidades, corrupção e negocios escuros .
Dispenso e acusarei sempre os promotores desses "progressos"

USS disse...

Concersa escangalhada!
Provem o que dizem!
Prestem o serviço que se impõe à democracia, deixem a conivência!
è por estas e por outras que este é um país de corruptos!

Anónimo disse...

Cuidado com as luvas e os sacos azuis devia ser investigado o que passa nessa camara, DUPLA PERIGOSA : CARLOS BEATO X SONAE = €€€€ BOLSO